MãE E FILHA DESCOBREM CâNCER NUM INTERVALO DE 13 DIAS, E FAZEM QUIMIOTERAPIA JUNTAS
06.03.2015

Ser diagnosticado com uma doença grave já é difícil para qualquer pessoa, mas Missy Shatley, de 38 anos, e sua filha Brooke Shatley, de 14 anos, enfrentam uma luta anda maior. Elas lutam contra o câncer lado a lado. As duas foram diagnosticadas com apenas 13 dias de diferença, logo após as festas de fim de ano. Em 26 de dezembro, os médicos descobriram que Missy tinha câncer em estágio 2 no colo do útero. Já em 8 de janeiro, Brooke, filha mais velha de Missy, foi diagnosticada com câncer do tipo 3 no ovário.

As duas estão passando por tratamento médico juntas, e criaram uma página no Facebook e um site para contar sobre o dia a dia do tratamento e arrecadar dinheiro. Na segunda-feira, Missy desabafou: “Hoje foi meu último dia de tratamento. Eu não derramei muitas lágrimas ao longo da minha jornada, mas hoje tive muitas lágrimas de alegria”, escreveu, relatando também muitas dores de cabeça e no corpo. “Obrigado por todas as orações e pensamentos positivos. Por favor, continuem orando por mim durante este período de recuperação. Brooke chegou em casa no fim de semana e está melhor”, completou a nota da mãe.

Médicos não suspeitavam de câncer da jovem

Numa entrevista ao programa “Good Morning América”, da rede de TV americana ABC, Missy contou que, após os resultados dos exames, questionou ao universo o motivo das duas terem que enfrentar a doença juntas. “Será algo na água? Será genética? Por que nós duas em um período tão curto? O médico disse que não é a água, não é o meio ambiente, é apenas um ato de aberração da natureza”, contou.

Antes do diagnóstico da mãe, Brooke estava com dores abdominais intensas, mas os médicos não suspeitavam de câncer. Ao saber da doença, ela levou a filha ao seu médico, em busca de uma segunda opinião. A notícia que arrasou as duas foi a de que o tumor de Brooke era maior do que as suspeitas iniciais, e ela precisou ser operada imediatamente.

Missy acabou de passar pela última rodada de radioterapia e quimioterapia. Agora ela deve esperar de oito a 12 semanas para saber como está o tratamento. Brooke ainda fará mais uma rodada de quimioterapia, que começará na segunda-feira, dia 9. Marido e pai, Jason Shatley, disse à ABC que é difícil lidar com isso porque eles têm outros filhos em casa. É preciso ser pai, marido e cuidar da fazenda onde eles moram.

 

A família luta junta contra o câncer




COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade