MéDICO é INVESTIGADO POR DENúNCIA DE ACúMULO DE EMPREGOS NA PREFEITURA E ESTADO
10.03.2015

Médico teria acumulado empregos e continuado na função após se aposentar.

O Ministério Público Estadual (MPE), por meio da 31ª Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social, abriu um inquérito para investigar denúncia de acúmulo de empregos por um médico que prestava serviço para a Prefeitura de Campo Grande e para o governo do Estado.

Segundo denúncia, o médico Alexandre Frizzo acumulava um cargo da área da saúde de Campo Grande e dois outros no Estado de Mato Grosso do Sul. Além disso, mesmo aposentado, teria continuado a desempenhar suas atividades no governo do Estado.

No inquérito, divulgado a pedido do promotor Henrique Franco Cândia, não há mais detalhes sobre o caso, nem se o servidor atuava na gestão de André Puccinelli (PMDB) ou na atual, de Reinaldo Azambuja (PSDB). 

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade