SALáRIO DE SERVIDOR DO DETRAN PODE CHEGAR A QUASE R$ 15 MIL SEM REAVALIAçãO DE EDITAL
10.03.2015

Salário de servidor do Detran pode chegar a quase R$ 15 mil sem reavaliação de edital

Uma avaliação feita pela Controladoria Geral do Estado e a Procuradoria do Estado a pedido do governador Pedro Taques (PDT) apontou que o salário de alguns servidores do Detran (Departamento Estadual de Trânsito) poderia chegar a R$ 14.900 se não houve uma reavaliação do edital do concurso público que visa o preenchimento de vagas na autarquia. O Executivo acatou a pauta dos servidores e apresentou um cronograma de 57 dias para a realização do edital.

A análise feita pelo Governo do Estado detectou indícios de inconstitucionalidade sobre a nova organização legal da carreira, aprovada na gestão anterior.  O edital do concurso foi feito com base nesta organização de carreira no Detran. Ainda foi dito que o primeiro passo será fazer uma reavaliação dos itens necessários para a realização do concurso.

Caso não haja esta reavaliação, os servidores de nível médio do Detran (categoria agentes de trânsito) passarão de um salário inicial de R$ 2.450 para R$ 4.600 e salário final de R$ 7.900 para R$ 14.900. Esta brecha, também poderia colocar em risco a saúde financeira do Executivo, que já encontra-se debilitada. Isso porque mais de 10 carreiras poderiam pedir a ascensão de carreira de nível médio para nível superior.

O secretário de Estado de Gestão, Júlio Modesto, e os representantes do Sindicato dos Servidores do Detran-MT (Sinetran-MT) se reuniram nesta segunda-feira (09) para tentar resolver o impasse. Com o pedido atendido, o Governo do Estado espera que os grevistas voltem o quanto antes às suas atividades regulares. O sindicato também foi convidado a participar da elaboração do novo edital.
COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade