DEPUTADO DIZ QUE SECRETáRIO DE TAQUES é “VAGABUNDO” E “MENTIROSO”
12.03.2015

Zeca Viana criticou duramente Paulo Taques, da Casa Civil, durante sessão.

Deputado Zeca Viana classificou secretário Paulo Taques como "mentiroso" e "vagabundo".

O deputado estadual Zeca Viana (PDT) usou a tribuna da Assembleia Legislativa, na manhã desta quarta-feira (11), para fazer duras críticas à postura do secretário-chefe da Casa Civil, Paulo Taques, a quem ele classificou como “vagabundo” e “mentiroso”. 

As acusações ainda são resquícios da eleição da Mesa Diretora da Assembleia. Após o processo, Viana chegou a dizer que o governador Pedro Taques (PDT) teria negociado votos para seu grupo em troca de cargos no Governo. 

"Ele é um vagabundo. E, além disso, mentiroso é ele, que também, nesta semana, disse que não nomeava ninguém que é ficha suja, mas que está cheio de servidores ficha suja debaixo do seu nariz"

O deputado afirmou que, em entrevista concedida ao programa Resumo do Dia, da TV Rondon, o secretário Paulo Taques disse que essas questões levantadas por ele são “mentirosas” e “injustas”. 

“É inadmissível um secretário irresponsável como este, que não entende nada do mundo político, chamar um deputado de mentiroso. Ele pode entender do mundo jurídico, mas de política ele não entende nada”, afirmou Zeca.

“Ele é um vagabundo. E, além disso, mentiroso é ele que também, nesta semana, disse que não nomeava ninguém que é ficha suja, mas que está cheio de servidores ficha suja debaixo do seu nariz”, atacou. 

Enfático, Viana enumerou secretários que, segundo ele, teriam problemas na Justiça. 

Entre eles, o secretário de Estado de Cidades, Eduardo Cairo Chilleto, e a secretária-adjunta de Estado de Relações Públicas, Julyene Paola Reis, que não prestaram contas de recursos públicos que receberam, por meio de projetos culturais. 

“Tem assessor chefe na secretaria de Meio Ambiente que é um ‘caboclo’ mais sujo que pau de galinha. Tem secretário na Secid condenado a devolver dinheiro público. Tem secretária na mesa situação. Se isso não é ficha suja, o que é ficha suja para esse cidadão?”, questionou Viana. 

Zeca disse ainda que Paulo Taques precisa ter respeito com os parlamentares e com a Assembleia Legislativa e afirmou que, caso não estejam satisfeitos com a postura do secretário, os deputados tem a oportunidade de “pedir a cabeça” de Paulo Taques. 

“Ele precisa ter respeito com essa casa e esses parlamentares. Se nos omitirmos e ficarmos quietos, amanhã ele estará passando por cima de nós. Eu fui eleito por 35.300 eleitores, ele foi nomeado por um único cidadão que é o governador. Ele não pode abusar do cargo e tem que nos respeitar”, afirmou. 

"Ele precisa ter respeito com essa casa e esses parlamentares. Se nos omitirmos e ficarmos quietos, amanhã ele estará passando por cima de nós. Eu fui eleito por 35.300 eleitores, ele foi nomeado por um único cidadão que é o governador"

Eleição Taques 


Ainda durante sua fala, Zeca Viana afirmou que não se arrepende de ter apoiado a candidatura do governador Pedro Taques e lembrou inclusive, que foi ele quem o levou para percorrer cidades do interior do Estado durante a campanha. 

“Quero dizer para esse cara (Paulo Taques) que não me arrependo de nada, tenho muito orgulho do que fiz para eleger Pedro Taques governador”, disse. 

“Carreguei o Pedro Taques nos meus ombros, foram mais de mil horas no meu avião. Então, eu exijo respeito desse vagabundo”, repetiu Zeca. 

Defesa 

Líder do Governo na Casa, o deputado Wilson Santos (PSDB) saiu em defesa do secretário da Casa Civil. 

Santos disse que, em nenhum momento, Paulo Taques teve a intenção de ofender o colega de parlamento. 

“Não houve nenhuma declaração do secretario fulanizada, direcionada ao deputado Zeca Viana. O Zeca havia feito uma afirmação injusta em relação ao comportamento do governador. O secretário disse que houve uma afirmação injusta e mentirosa do deputado, mas ele não chamou o deputado de mentiroso”, disse. 

Wilson disse ainda, que existem pesquisas de opinião que mostram a boa avaliação do governo Pedro Taques nesse início de mandato e, ainda segundo ele, um dos pontos mais bem avaliados é a escolha do secretariado. 

“Temos um secretariado jovem e muito habilidoso tecnicamente. Essa opção tem sido elogiada pela população e dentro desse conjunto, destaca-se o secretário Paulo Taques. É uma pessoa qualificada e tem sido objeto de elogios de diversos parlamentares”, afirmou. 

Outro lado

O secretário Paulo Taques afirmou, por meio de sua assessoria de imprensa, que não irá se posicionar sobre o assunto.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade