SEM RECEBER, TRABALHADORES PARAM SERVIçOS E PROTESTAM NA SEINTRHA
11.03.2015

Trabalhadores dizem que são servidos com comida "estragada"

Servidores contratados pela Seintrha (Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação) por meio do Proinc (Programa de Inclusão Profissional) se reuniram nesta manhã de quarta-feira (11), na Secretaria em uma manifestação. Eles reivindicam o pagamento do salário, entrega da cesta básica e reclamam da alimentação servida nas refeições

Conforme os relatos, os 400 servidores que trabalham na varrição de ruas, capinagem e serviços gerais, ainda não receberam o salário que deveria ser pago na última sexta-feira (6). “Eles não pagaram e não deram nenhuma satisfação. Esta é a segunda vez que isso acontece. Não podemos ficar assim. Ganhamos pouco e ainda atrasa. Os cobradores não entendem isso. Temos de pagar juros das contas, mas não recebemos com juros”, destaca um dos trabalhadores.

Homens da Guarda Municipal foram acionados e estão no local para evitar conflitos durante a manifestação. O portão principal que permite acesso à Secretaria foi bloqueado. O secretário da Seintrha, Valtemir de Brito, está no local e participa de uma reunião com representantes dos trabalhadores.

Os manifestantes afirmam que não vão retornar ao trabalho enquanto não houver um posicionamento a respeito das reivindicações. “Eles não dão nenhuma satisfação. Ficaremos aqui até que nos digam alguma coisa”, garante uma servidora. Um funcionário concursado, que preferiu não se identificar, apoia o protesto. “Eles estão certos. Trabalham e tem de receber”, defende.

A reportagem tentou falar por telefone com o chefe da Seintrha, Valtemir de Brito, mas até o fechamento deste texto, não foi atendida.

WhatsApp: fale com os jornalistas do Jornal Midiamax

O leitor enviou as informações ao WhatsApp da redação, no número (67) 9207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem diretamente com os jornalistas do Jornal Midiamax. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total anonimato garantido pela lei.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade