PRESO BANDO QUE AGIA COM ROUBO DE CARGAS E "SAIDINHAS DE BANCO"
11.03.2015

Membros da quadrilha possuem "extensa ficha criminal", segundo delegada.

A prisão ocorreu nesta terça-feira (10), por policiais da Delegacia de Roubos e Furtos.

Policiais civis prenderam seis suspeitos de integrarem uma quadrilha acusada de praticar roubo de cargas e também “saidinhas de banco” na Capital.

A prisão ocorreu nesta terça-feira (10), após policiais da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá cumprirem 10 mandados de busca e apreensão e seis de prisão.

A operação, denominada “Delivery”, foi deflagrada com a conclusão das investigações, que apontavam que a quadrilha atuava em dois tipos de roubos.

Segundo a delegada Elaine Fernandes, a quadrilha era investigada desde o final do ano passado, após o roubo de um caminhão de uma transportadora.

“Com as investigações, a equipe da Derf recebeu a informação da associação de várias pessoas envolvidas ativamente em diversos roubos ocorridos na Capital. Aos poucos, os integrantes da quadrilha foram identificados e foi constatado que todos eles possuíam uma extensa ficha criminal, sendo que alguns deles cumpriam pena no regime semiaberto”, disse.

A delegada acrescentou que, no mês passado, um dos suspeitos foi preso em flagrante em uma ação de policiais da Derf, após cometer um roubo na modalidade “saidinha de banco”, no bairro Cidade Verde. Alguns dias depois, os demais integrantes da quadrilha realizaram um roubo, que teve como vítima um funcionário de cartório, que transportava valores do estabelecimento até uma agência bancária.

A delegada destacou que o bando agia sempre de forma articulada, com posicionamento estratégico de cada integrante para garantir o sucesso da ação criminosa.

Para praticar os roubos, eles contavam com informações privilegiadas vindas de dentro das empresas vitimadas e utilização de veículos que davam apoio às fugas.

“Além dos crimes, temos informações de que a quadrilha atuava em outras práticas criminosas, como estelionatos e tráfico de drogas, que ainda estão sendo apurados e materializados na conclusão do procedimento administrativo”, afirmou Fernandes.

Durante o cumprimento dos mandados de busca e apreensão domiciliar, foram apreendidos aparelhos celulares, televisores e outros objetos cuja procedência a polícia vai investigar.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade