MAURíCIO GUIMARãES DEVE ABRIR DEPOIMENTOS NA CPI DO VLT
16.03.2015 Secretário-extraordinário da Copa desde junho de 2012, Maurício Guimarães só deixou a pasta, em janeiro, pela troca de comando Paiaguás, mas propostas da Assembleia Legislativa, estudos do Tribunal de Contas e investigações do Ministério Público à frente, fizeram Guimarães sair de cena. Colocado à disposição da Assembleia pelo ato 24.260 do ex-governador Silval Barbosa, em dezembro 30 de dezembro do ano passado, na antevéspera de acabar o governo, o ex-secretário se escondeu sob a proteção da AL, na Secretaria de Assuntos Legislativos, até ser descoberto pelo deputado Wilson Santos (PSDB), que pediu seu afastamento. _”Como estamos em vias da instalação de uma CPI, pedi, até pela força do constrangimento, que Maurício fosse desligado”, disse Wilson, após requerer oficialmente que Maurício deixasse o parlamento, providência tomada pelo presidente da AL, deputado Guilherme Maluf (PSDB). Até hoje (13), a AL não oficiou a Secretaria de Fazenda doEstado (Sefaz) sobre a disponibilidade de Magalhães, que é funcionário de carreira, como fiscal de tributos. Uma fonte da AL, disse que ele, um dos envolvidos nos escândalos das obras da Copa, será o primeiro a ser convocado pela CPI definida nesta quarta-feira 11 e já tem o deputado Oscar Bezerra como presidente que ainda . A CPI deve ser instalada nesta próxima terça-feira 17. Maurício respondia diretamente pela Secopa e esteve à frente de todas decisões e pagamentos considerados suspeitas. Procuradores do Ministério Público Estadual, não oficialmente, dizem que Maurício deve ser denunciado brevemente pelos desvios e irregularidades nas obras de mobilidade.
COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade