PáTIO PRESIDIRá A CPI DA RENúNCIA E SONEGAçãO FISCAIS
16.03.2015

Depois da CPI do VLT e das Organizações Sociais de Saúde – OSS-, a Assembleia Legislativa vai instalar a CPI da Sonegação Fiscal e Incentivos Fiscais, cuja apresentação foi do pelo deputado José Carlos do Pátio (SD) com 12 assinaturas, o que automaticamente a levou à condição de aprovação. Suia instalação será possivelmente nesta semana. _"Precisamos saber o que acontece neste Estado e nas suas entranhas fiscais, pois a riqueza não chega a população, ou seja, fica restrita a alguns poucos", disse José Carlos do Pátio, apontando ainda que a sonegação fiscal retirou nos últimos anos R$ 15 bilhões que o Poder Público tenta receber mas não consegue, deixando setores essenciais como saúde, educação e segurança pública sem ser atendidos. Já foram definidos nesta quinta-feira (12), os membros da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Renúncia e da Sonegação Fiscal, proposta para investigar possíveis irregularidades na política estadual de renúncia fiscal implantada nos últimos anos em Mato Grosso. Além do deputado Zé Carlos do Pátio (SD) que será o presidente da CPI, os deputados Wilson Santos (PSDB), Max Russi (PSB), Wancley Carvalho (PV) e Zé Domingos (PSD) também vão participar da investigação. Contudo, o relator da CPI ainda não foi definido, pois essa escolha deverá ser feita apenas no próximo colegiado de lideres

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade