OPERAçãO PRENDE LíDER DE QUADRILHA DE ATAQUE A CAIXAS ELETRôNICOS NO NORTE DE MT
24.03.2015

O líder de uma quadrilha responsável por ataques a caixas eletrônicos na região Norte de Mato Grosso foi preso, na noite desta segunda-feira (23.03), em Colíder (650 km ao Norte), durante ação conjunta da Delegacia da Polícia Civil e Polícia Militar de Colíder, e Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), em Cuiabá. 

Além do chefe do bando, a operação levou a prisão de outras quatro pessoas acusadas de envolvimento indireto nas ações criminosas. A quadrilha é suspeita de pelo menos quatro ataques à caixas eletrônicos na região. 

Foram presos na ação, o líder da quadrilha, Eberson Correia de Campos, 29, o “Churrasco”, Darco Sebastião de Almeida Junior (idade não informada), Rodrigo Bruno de Almeida, 21, Ederson Alves da Silva, 30, e Vanderlei Ramos da Cruz Junior, 23, autuados em flagrante pelo crime de organização criminosa. 

Eberson é apontado como o chefe da quadrilha de cinco criminosos que tentaram explodir dois caixas eletrônicos de uma agência da Caixa Econômica Federal, em Matupá (695 km ao Norte), na madrugada de 02 de março. Na ocasião, a ação imediata da Polícia Civil levou a prisão quatro dos integrantes da quadrilha, mas o acusado conseguiu fugir. 

Em continuidade as buscas ao ‘caixeiro‘, a Polícia recebeu a informação de que o suspeito estava abrigado em uma casa, próximo à Avenida principal de Colíder. Diante da denúncia, policiais realizaram o monitoramento e fizeram a abordagem do veículo Celta, em que estavam os acusados Darco e Rodrigo, sogro e cunhado de Eberson. 

Poucos minutos depois, policiais abordaram um veículo Vectra, com os suspeitos Ederson e Vanderlei. No banco traseiro do veículo, policiais localizaram o líder da quadrilha Eberson. Os cinco suspeitos foram conduzidos a Delegacia de Colíder e interrogados pelo delegado, Ruy Guilherme Peral da Silva. 

De acordo com o delegado, todos os detidos tem envolvimento indireto na ação da quadrilha e estavam ajudando o líder Eberson se esconder da Polícia. 

O delegado do GCCO, Flávio Henrique Stringueta, informou que após o ataque à Caixa Econômica Federal, mais um banco da região foi alvo da quadrilha, na semana passada. O delegado disse que a prisão aconteceu na mesma noite em que os policiais recebiam moção de aplausos, na Câmara Municipal de Matupá, pela desarticulação da quadrilha. 

As prisões integram a operação “Actio Auctoritatis” da Polícia Judiciária Civil, que visa fortalecer investigações de roubos e tráfico de drogas. O trabalho está inserido no planejamento estratégico da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) para os 100 primeiros dias de enfrentamento à criminalidade de 2015.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade