AGENTES PERDEM SUBMETRALHADORA CARREGADA NO SUL DE MT
27.03.2015

Agentes prisionais em trânsito entre Rondonópolis (cerca de 220 quilômetros de Cuiabá) e a capital esqueceram uma submetralhadora CTT .40 e seu carregador, com 28 munições intactas, em cima da viatura e a perderam por volta das 04h da manhã desta quinta-feira (26). A informação apurada junto à Polícia Militar, porém, está em desacordo com o Boletim de Ocorrência registrado e o admitido pela Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), pois seriam duas as submetralhadoras perdidas. 

Segundo o B.O., a viatura da marca Fiat, modelo Palio Weekend, placas QBI-2330 trafegava pela altura do anel viário Conrado Sales, nas imediações do Km-7, quando “provavelmente a arma caiu da viatura neste trajeto e se misturou na vegetação, sendo que perceberam a falta do armamento quando já estavam na cidade de Jaciara”, diz trecho do B.O. Os agentes prisionais resolveram, então, retornar ao local para procurar a arma -- submetralhadora CTT .40 de número 6477 -- e o carregador. Só encontraram o último e nada da arma automática de uso restrito a forças militares. Detalhe: eles ainda furaram o pneu traseiro esquerdo da viatura durante as buscas no anel viário, segundo consta escrito no mesmo B.O. 

A Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) respondeu ao questionamento da reportagem por meio da seguinte nota, enviada por sua assessoria de comunicação: “A Sejudh informa que já acionou a Polícia Judiciária Civil (PJC) para que esta investigue a ocorrência registrada no município de Rondonópolis. De acordo com registro de B.O. feito por servidores da Sejudh, uma arma de uso restrito das Forças Armadas foi perdida na madrugada desta quinta-feira (26.03). 

Caso seja comprovada culpa dos servidores após a investigação da PJC, os envolvidos podem sofrer Procedimento Administrativo (PAD)”.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade