RAPAZ DIZ QUE ASSALTOU EQUIPE DE TV COM ARMA DE BRINQUEDO
04.05.2015

O jovem Luan do Nascimento da Silva, de 21 anos, suspeito de assaltar uma equipe da TV Tribuna, afiliada da Rede Globo na Baixada Santista e no Vale do Ribeira, durante uma reportagem ao vivo, na terça-feira (28), revelou às autoridades que a arma utilizada no crime era de brinquedo e que foi jogada por ele em uma área de mangue. A Polícia Civil, porém, não acredita nessa versão. Luan foi preso na sexta (1º) e será interrogado nesta segunda-feira (4).

A jornalista Tatyana Jorge fazia uma entrevista ao vivo, em frente à prefeitura, com o diretor de Vigilância em Saúde da cidade, Marco Antônio Chagas, quando o suspeito chegou de bicicleta, armado, derrubou a câmera do cinegrafista Alfredo Neto e exigiu que as pessoas entregassem seus pertences. Com a queda do equipamento, a transmissão acabou sendo encerrada. O jovem fugiu levando aparelhos celulares, relógios e uma corrente da equipe e do entrevistado. Ninguém se feriu durante a abordagem.

Reprodução/TV Tribuna

Repórter realizava entrevista ao vivo quando foi abordada


De acordo com o delegado Marco Antonio do Couto Perez, que está à frente do caso, durante uma conversa informal, o suspeito afirmou que utilizou uma arma de brinquedo durante o assalto, e que a jogou em uma região de mangue, por onde fugiu.

No entanto, a polícia não acredita nisso. “Não vamos buscar a arma no mangue porque não acreditamos nessa versão. Achamos que a arma era de verdade e que está em outro local”, diz o delegado.

Ainda segundo Marco Antonio do Couto Perez, Luan será interrogado nesta segunda-feira, após a inquirição de todas as testemunhas e o reconhecimento pessoal. Ele permanecerá na cadeia anexa ao 1º Distrito Policial (DP) de Guarujá, à disposição da Justiça.

Prisão e confissão

O jovem Luan do Nascimento da Silva, ao se entregar, deu sua versão de como tudo aconteceu. "Eu estava há uma semana sem trabalhar, então resolvi sair e fiz essa besteira. Também tinha que pagar uma dívida de drogas, estava devendo. Mas me arrependi, devolvi tudo e não machuquei ninguém", explica.

Mariane Rossi/G1

Objetos levados durante assalto foram entregues à polícia


O jovem também entregou dois celulares e uma pulseira de ouro que havia roubado da equipe e do entrevistado. Diego Scarpa, advogado de defesa de Luan, disse que vai fazer um pedido de revogação da prisão temporária e aguardar o desfecho. "Se for negado, vamos impetrar um habeas corpus no Tribunal de Justiça", explica.

A prisão temporária de Luan já havia sido decretada pela Justiça, no início da noite de quarta-feira (29). Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP) do Estado de São Paulo, a identificação do jovem como o autor do roubo à equipe de TV foi possível por conta do trabalho conjunto entre as polícias Civil e Militar, que analisaram as imagens do sistema de monitoramento do estacionamento do Paço Municipal de Guarujá, onde ocorreu o crime. No vídeo, é possível vê-lo de bicicleta abordando o grupo e exigindo seus pertences.

Pai pede perdão

O pai de Luan, o aposentado Antonio da Silva, de 50 anos, acompanhou o filho até a Delegacia Sede de Guarujá. Ele revelou à imprensa que foi com a ex-mulher até Santos, onde o jovem estava escondido, para ajudá-lo a se entregar à polícia, depois que ele lhe disse que tinha se arrependido do crime. O aposentado ainda pediu perdão pela atitude do filho. “Eu sinto muito pelas vítimas, peço perdão a elas. Eu e a mãe dele não aprovamos o que aconteceu. Quero que Deus abençoe todos os repórteres, para que nada de mal aconteça com eles. Sei que é um trabalho difícil”, comenta. Agora, Antonio espera que o filho tenha aprendido a lição. “Que sirva de exemplo para ele, para que, quando sair da cadeia, não faça mais isso”, conclui.

Nota de repúdio

Em nota, a Regional de Santos, Baixada Santista e Vale do Ribeira do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (SJSP) afirma lamentar profundamente o assalto sofrido por três integrantes da equipe de jornalismo TV Tribuna, afiliada da Rede Globo, nesta terça-feira, em frente à sede da Prefeitura Municipal de Guarujá.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade