GOVERNO BUSCA PARCERIAS EDUCACIONAIS COM NOVA ZELâNDIA
27.04.2015

A busca por parcerias educacionais e realização de pesquisas na área de ciência e tecnologia foram alguns dos temas discutidos no encontro entre o governador Pedro Taques e o Ministro da Educação Superior, Emprego, Desenvolvimento Econômico e Ciência e Inovação da Nova Zelândia, Steven Joyce, neste domingo (26.04), no Palácio Paiaguás. Os dois estadistas apontaram para uma cooperação entre as universidades da Nova Zelândia e instituições públicas de ensino de Mato Grosso para o desenvolvimento da pesquisa no Estado. 

O governador destacou as inúmeras possibilidades de parcerias educacionais entre as universidades neozelandesas e universidades Estadual e Federal de Mato Grosso. Taques propôs ainda a realização de uma parceria para intercâmbio de estudantes de escolas públicas do Estado de Mato Grosso. “Estamos estruturando esse programa, vamos iniciar as tratativas para que possa ser concretizado”, afirmou. 

Durante a reunião entre a delegação da Nova Zelândia e governo de Mato Grosso foram discutidos o estreitamento das relações em diversas áreas como sistema educacional,agronegócio e produção de laticínios. Para Steven Joyce, são inúmeras as possibilidades de parcerias a serem realizadas entre Mato Grosso e Nova Zelândia. 
“Conversamos sobre agronegócio que nós, assim como Mato Grosso, temos extensa experiência na área e temos competência técnica para trocar experiência. No setor educacional é muito importante discutir ciência e tecnologia. Hoje conversamos sobre ciência ambiental, ciência agrícola e pecuária. Temos uma longa lista de temas que podemos trabalhar junto com Mato Grosso”, afirmou Joyce. 

A expectativa é que em breve os pesquisadores da Universidade Estadual de Mato Grosso (Unemat) possam desenvolver pesquisas sobre piscicultura e cadeia produtiva do leite em parceria com os pesquisadores de Nova Zelândia. A reitora da instituição, Ana Maria di Renzo, enfatiza que a Unemat possui extensa pesquisa em torno da psicultura e cadeia leitera, temas muito importantes para o desenvolvimento de Mato Grosso. 

Segundo a reitora, trocas de experiências como estas trazidas pelo governador Pedro Taques é de fundamental importância para colocar Mato Grosso nas redes de pesquisa internacionais. “Temos dois grupo de pesquisa muito interessados na parceria com as universidades da Nova Zelândia. Nós temos hoje uma diretoria de mobilidade acadêmica e queremos avançar na internacionalização da universidade”, avaliou. 

Neste 115 dias da nova gestão, o governo de Mato Grosso já buscou interlocução com outros países e recebeu representantes do Japão, Mongólia, Bolívia, França, Alemanha, China e Nova Zelândia. “Criamos uma assessoria internacional para fazer esse diálogo com outros países para que nosso Estado possa se inserir no contexto internacional diante do que nós representamos para o Brasil”, avaliou o governador Pedro Taques. 

Educação Internacional - Nesta segunda ( 27.04) pela manhã o governador Pedro Taques participa da abertura do maior evento Latino-Americano sobre Educação Internacional - FAUBAI 2015-, sediado pela Universidade Federal de Mato Grosso. A Conferência Anual da FAUBAI 2015 (27ª edição) será realizado no Centro de Eventos do Pantanal, entre de 27 e 29 de abril, com cerca de 600 representantes do Brasil e exterior. O tema central é “Criando parcerias sustentáveis por meio da internacionalização justa e equilibrada”. 

O objetivo do evento é aprofundar a discussão sobre formas de se garantir cooperações mais equilibradas entre países e instituições na área de Educação Superior, valorizando e promovendo parcerias estratégicas. O Ministro da Educação Superior, Emprego, Desenvolvimento Econômico e Ciência e Inovação da Nova Zelândia, Steven Joyce, e delegações de diversos outros países participarão do evento. 

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade