EX-CANDIDATO A VEREADOR é PRESO ACUSADO DE ASSASSINATO E TRáFICO DE DROGAS
26.05.2015

O cabeleireiro Wanderlei Correia de Andrade, 48 anos, foi preso em flagrante pela Polícia Judiciária Civil (PJC), na última segunda-feira (25), em Lucas do Rio Verde (354 km de Cuiabá), acusado de usar seu salão de beleza para comercializar drogas. O suspeito também é investigado pelo assassinato de uma pessoa no município. O salão de Wanderlei, que é ex-candidato a vereador, era usado como fachada.

Leia mais:
Dupla rouba caminhonete de advogado e manda secretária dele dirigir
 
De acordo com as informações da assessoria de imprensa da PJC, Wanderlei foi autuado em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, financiamento ao tráfico de drogas e corrupção de menores. Durante as investigações, a Polícia Civil confirmou que o cabeleireiro era o principal traficante e financiador do comércio ilegal de entorpecentes no bairro Tessele Junior.
 
O delegado de polícia, Rafael Mendes Scatolon, explicou que depois de várias prisões de pessoas, consideradas "soldados" do traficante, Wanderlei acabou se mudando do bairro Tessele Junior, abrindo um novo salão de fachada no bairro Jardim das Palmeiras.
 
Diante dos fatos, a equipe de investigadores em diligências conseguiu surpreender um usuário no momento em que saia do estabelecimento monitorado. Em seguida, os policiais localizaram no interior do salão diversas trouxas de pasta-base de cocaína,  outras trouxas da droga enterradas no terreno da vizinha, além de uma pedra com aproximadamente 150 gramas de pasta-base de cocaína, escondida dentro da lixeira. Com ele, ainda foi apreendido dinheiro e um veículo S10.
 
“Além de envolvimento com o tráfico, Wanderlei é o principal suspeito de ser o mandante do homicídio que vitimou Paulo Roberto da Silva Gama, atingido por disparos de arma de fogo, possivelmente em razão de uma dívida de droga”, finalizou o delegado.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade