MENTIRA OU INCOMPETÊNCIA, DIZ TAQUES SOBRE ATRASO DAS OBRAS
12.05.2014
 

”Faltou prestação de contas à população e o governo mentiu que a obra seria para a Copa”, assinala Taques sobre o VLT, por exemplo

O senador Pedro Taques (PDT), que confessa ser um estudioso das obras de mobilização urbana para a Copa 2014, desde as eleições de 2010, tem duas qualificações para definir o atraso nas obras, principalmente no que se refere ao veículo leve sobre trilhos (VLV): ou mentira ou incompetência, na verdade, “um misto de mentira com incompetência”. Taques é pré-candidato ao governo do Estado pela oposição.

-“Faltou planejamento, faltou transparência, faltou a verdade”, afirmou ele ao jornalistas Paulo Coelho e André Michels, no programa Conexão Poder, do SBT,na noite deste domingo. “Não sou contra o VLT, porque a população merece e tem o direito a um sistema de transporte eficiente e confortável, mas acho que foram muitos recursos que poderiam ser melhor aplicados”,a firmou ele.

O senador disse que o governo do Estado é que escolhe o tipo, prazo e locais das obras, mas foi dito e prometido pelo governador Silval Barbosa (PMDB) que o VLT estaria pronto para a copa. “Não sou contra, pessoalmente, o governador Silval Barbosa, sou contra o modelo de gestão que está aí. O VLT, por exemplo, tem apenas 100 metros de trilhos, numa extensão, se não me engano, de 22 quilômetros. É uma obra que será concluída em 2017”, declarou.

Taques lembrou que os investimentos para obras de mobilidade urbana começaram a ser disponibilizados em 2009. “Cinco anos e não há uma obra definitivamente pronta”, observou.

-“Essa opinião não é de Pedro Taques, são pontuações de técnicos”, afirmou. O senador lamentou que o povo tenha “sido enganado, pois todas essas obras foram usadas como pano de fundo da campanha sucessória estadual passada. “Eles se utilizaram do VLT, trincheiras e estádio como mote na campanha que elegeu Silval Barbosa”, lembrou.

_Foram anunciadas e o governo trabalha e campanhas de divulgação de 56 obras. E quantas estão prontas e entregues?”, questionou.”O governo mentiu”, disse em outras palavras, repetindo que houve dois fatores, mentira e incompetência, na condução e execução da sobras.

“O O VLT é parte do conjunto de obras de mobilidade urbana para a Copa do Mundo, com duas linhas, uma no setor Sul/Centro e outra na extensão Noroeste/ Leste, ligando o bairro CPA 1 (Noroeste) a Várzea Grande, até o aeroporto Marechal Rondon. Os investimentos já superaram R$ 1,3 bilhão

 

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade