FAMATO PEDE PRORROGAçãO PARA ENTREGA DE COMUNICAçãO DE VACINAçãO DA AFTOSA
10.06.2015

Termina nesta quarta-feira (10) o prazo para os pecuaristas de Mato Grosso comunicarem a realização da vacinação de seu rebanho contra a febre aftosa. Nesta terça-feira (09), em decorrência a problemas no sistema Instituto de Defesa Agropecuária (Indea-MT) e número reduzido de servidores nas Unidades Locais de Execução (ULE), a Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) solicitou a prorrogação da comunicação para o dia 30 de junho.

A primeira etapa da vacinação da febre aftosa ocorreu em maio para animais de 0 a 24 meses em Mato Grosso. A estimativa era vacinar cerca de 13 milhões entre bovinos e bubalinos.

Leia mais:
Valor Econômico debate cadeias produtivas sustentáveis em Mato Grosso
Assistência técnica pode auxiliar para aumento da produção de leite em Mato Grosso

Segundo o diretor de Relações Institucionais da Famato, Rogério Romanini, o pedido de prorrogação para até 30 de junho para a comunicação da realização da vacinação contra a febre aftosa é decorrente "os constantes problemas no sistema informatizado e o número reduzido de servidores nas Unidades Locais de Execução (ULE) não estão permitindo que a comunicação seja feita com rapidez".

Como o Agro Olhar já comentou, para aqueles que não vacinarem o rebanho no período estipulado a multa é de 2,25 UPF (Unidade Padrão de Financiamento), um valor de R$ 245 por cabeça não vacinada. Além disso, o pecuarista terá suspenso o movimento das fichas sanitárias dos inadimplentes junto aos escritórios do Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea-MT).

Para quem vacinou e deixar de comunicar ficará impossibilitado de emitir a Guia de Trânsito Animal (GTA) por um período de 30 dias, caso a comunicação seja feita até o dia 25 de junho. No caso de ser feita após o dia 25 o bloqueio da emissão de GTA será o dobro de dias de atraso da comunicação.

Mato Grosso encerrou 2014 com um rebanho de 28,487 milhões de cabeças. O Estado está há 18 anos livre da febre aftosa com vacinação.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade