ESTADO INVESTIGA FRAUDES NA EDUCAçãO
24.06.2015

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) foi uma das primeiras Pastas do Palácio Paiaguás a encaminhar denúncias de possíveis irregularidades na administração pública ao Gabinete de Transparência e Combate à Corrupção. Segundo a titular da estrutura criada pelo governador Pedro Taques (PDT), Adriana Vandoni, as principais suspeitas são quanto a aquisição de material.

A secretária cita como exemplo a compra de carteiras para escolas de ensino médio nas quais cabem apenas crianças de até seis anos de idade. Como o material já foi entregue, o governo estuda agora um remanejamento para outras unidades de ensino.

Mesmo assim, o motivo que gerou o equívoco é investigado. Outra situação citada por Vandoni é a aquisição de 1,6 mil pen drives que seriam distribuídos para 60 escolas indígenas.

Neste caso, o Gabinete está averiguando se o material foi entregue pelo fornecedor contratado, se chegou a estes alunos e se tem sido aproveitado nestas escolas. “Temos coisas que são, realmente, meio absurdas e que estão sendo levantadas. Por enquanto são casos referentes ainda à gestão anterior do governo, mas na hora que chegarem denúncias desta gestão também estaremos preparado para rece-ber”, pontua.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade