VIGILANTE E MAIS 4 PESSOAS SãO PRESOS POR TENTAR ROUBAR LOTéRICA EM CUIABá
29.07.2015

Um vigilante e outras quatro pessoas foram presas e indiciadas por tentarem assaltar uma lotérica no Bairro Morada do Ouro, no mês de abril deste ano em Cuiabá. Quatro vigilantes que trabalhavam para uma empresa de segurança armada removiam malotes de dinheiro da lotérica, quando dois assaltantes chegaram.

Houve tiroteio e um dos vigilantes foi baleado na cabeça. Naquela ocasião os assaltantes fugiram sem dinheiro, mas levaram a arma que pertencia ao vigilante.

De acordo com investigações da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), todos os envolvidos foram presos ao longo da investigação. O último integrante foi preso na terça-feira (28) em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá.Segundo informações da Derf, o vigilante de 29 anos, que foi baleado na cabeça durante a tentativa de assalto, tinha envolvimento no crime, que também contou com participação de um ex-funcionário da empresa de transporte de valores. Esse funcionário tinha sido demitido da empresa há um mês antes do crime.

Entre os meses de maio e abril alguns dos suspeitos foram presos pelos investigadores. Naquela época eles indicaram o envolvimento de funcionários da empresa, inclusive o próprio vigilante que foi baleado na cabeça.

Conforme o delegado responsável pelo caso, Ferdinando Frederico Murta, o ex-funcionário e o vigilante foram os responsáveis pelo fornecimento de informações sobre os valores e as rotas usadas pela empresa. O vigilante baleado tinha a função de facilitar a ação dos assaltantes.

Os cinco envolvidos serão indiciados pelos crimes de tentativa de latrocínio e associação criminosa. De acordo com a polícia, eles estão presos temporariamente por 30 dias.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade