MULHER é MORTA POR PRESO EM VISITA íNTIMA
24.08.2015

Preso por homicídio e tráfico de drogas, Washington Mendes da Rocha, 30, estrangulou até a morte sua mulher, Lorraine Rodrigues Neves, 25, durante visita íntima neste sábado (21) na penitenciária José Maria Alkmin, em Ribeirão das Neves, região metropolitana de Belo Horizonte (MG).

De acordo com a PM (Polícia Militar) de Minas Gerais, quando o horário da visita íntima acabou, Rocha foi encontrado pelos agentes penitenciários com o corpo da mulher ao lado, sem vida, estendido na cama, fazendo uma refeição "tranquilamente". Ele teria dito aos agentes que havia acabado de assassinar a mulher.

A jovem, que tinha sinais de agressões e ferimentos na cabeça, morreu após ser estrangulada pelo marido com fios elétricos.

Segundo a PM, não há registros de homicídios em visitas íntimas no Estado.

Preso há seis meses

Em nota, a Secretaria de Defesa Social de Minas Gerais informou que Rocha está preso há seis meses, desde fevereiro deste ano, cumprindo pena por roubo e porte ilegal de armas, além de homicídio e tráfico de drogas, mas não deu detalhes sobre o casal --se tinham filhos ou há quanto tempo estavam juntos.

A pena de Rocha também não foi informada. Ele continuará preso na mesma penitenciária e deve sair somente para prestar depoimentos à Polícia Civil e à Justiça pelo novo delito.

A nota informa ainda que, além das investigações da Polícia Civil, a direção da penitenciária instaurou procedimento interno para apurar o crime.

A jovem era de Contagem, município também da região metropolitana da capital mineira. 

Seu corpo foi encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal) de Belo Horizonte.

De acordo com a secretaria, as visitas aos presos foram mantidas neste domingo (23).

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade