PRESO ESCONDE CELULAR NO INTESTINO EM MINAS GERAIS
20.10.2015

O presidiário Flávio Martins Neto, 25, foi flagrado com um aparelho celular escondido dentro do intestino na penitenciária de Alfenas (MG), distante 345 km de Belo Horizonte.

De acordo com a Polícia Militar, que atendeu a ocorrência, Neto foi encaminhado ao Hospital Universitário Alzira Velano e não precisou passar por cirurgia.

Ele tomou laxante e, poucas horas depois, expeliu o aparelho. O preso permanece internado e passa bem.

De acordo com a Secretária de Defesa Social de Minas Gerais, após uma revista com um detector de metais no presídio, nesta segunda-feira (19), o detido foi revistado e passou pelo equipamento de raio-x que detectou o aparelho. Neto cumpre pena por roubo.

"Agentes penitenciários flagraram Flávio Martins Neto com um aparelho celular dentro da unidade (Alfenas). O aparelho estava no ânus do detento", informou a decretaria nesta terça-feira.

"A direção-geral do presídio de Alfenas abriu um procedimento interno para apurar o caso", disse a secretaria. O órgão não soube informar como o aparelho entrou no presídio.

Ainda de acordo com a Secretária, "o preso foi isolado preventivamente para apuração dos fatos e será submetido ao conselho disciplinar do presídio, podendo sofrer sanções administrativas".

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade