APóS 10 MESES, DELEGADO AFIRMA TER DESVENDADO MORTE DE CICLISTA
10.11.2015

Após 10 meses, delegado afirma ter desvendado morte de ciclista

Há cerca de dois meses de completar um ano da morte do ciclista Wallison Felipe, 20, na Avenida das Torres, o delegado Jefferson Dias Chaves localizou uma testemunha da acidente fatal e afirma ter desvendado a morte do jovem: Ele teria caído e chocado a cabeça contra um poste após pegar um “beirão” na traseira de um caminhão.

Leia mais:
Ônibus tomba em rodovia federal e deixa 20 feridos; onze pacientes com quadro mais grave tiveram nomes divulgados

A cena foi descrita pelo açougueiro Claudemar Ferreira dos Reis, 40, que voltava para casa depois do serviço quando presenciou o acidente. Em depoimento, ele contou que seguia de moto atrás do caminhão quando viu Wallison sair da ciclovia para segurar no caminhão. Depois de alguns metros, o ciclista bateu o pneu frontal em um “olho de gato”,  perdeu o equilíbrio e colidiu no meio fio para em seguida bater a cabeça no poste.

“Ninguém achou que deveria pegar a placa do caminhão, pois viram que o ciclista estava fazendo uma manobra arriscada”, contou Claudemar durante o depoimento, prestado na tarde desta segunda-feira (09). Ele ainda lembrou ter ficado no local do acidente até a chegada do socorro, através do Servido de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

A família de Wallion já realizou dois protestos pela localização de quem teria atropelado o ciclista. Antes desse depoimento, o delegado chegou a afirmar que havia um assassino a solta, que atropelou, matou e fugiu, tendo feito apelos públicos para alguma testemunha se apresentar a polícia e contar como foi o crime.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade