SERVIDORES DO TCE TERãO CURSO DE REDAçãO TéCNICA
05.02.2016

Preocupado em dar maior transparências às auditorias, o Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) vai oferecer capacitação aos técnicos voltada à qualidade na elaboração de redações. O palestrante do curso, conselheiro substituto, Luiz Henrique Lima, vai abordar técnicas de argumentação, coesão e coerência, em processos de controle externo. Serão capacitados 25 servidores, a primeira aula tem início no dia 11 de fevereiro (quinta-feira) e as demais nos dias 12, 18 e 19 de fevereiro, na Escola de Contas.

O trabalho de auditoria é realizado ao longo dos meses quando são avaliados dados documentais, visitas nas unidades fiscalizadas e entrevistas com agentes públicos. Os relatórios são a materialização do esforço do controle externo, por meio da linguagem escrita. "Buscamos elevar a qualidade dos relatórios técnicos, alertando os auditores de que eles não escrevem somente para seus líderes, mas também a toda a sociedade, incluindo membros do TCE, do Judiciário, do Executivo, do Legislativo, aos cidadãos e à imprensa", afirmou Lima.

Entre os temas abordados, o palestrante vai tratar de técnicas de apresentação de dados. Segundo Lima, o texto na linguagem técnica, contábil e jurídica é cansativo para o leitor. "Quando se ilustra o texto com uma fotografia feita durante vistoria ou um gráfico, a mensagem é transmitida com maior força. Escrever bem é unir a objetividade e o rigor técnico, mas tendo em vista que o TCE conta com um público de interesses amplos".

Nesta edição, participarão do curso os técnicos das Secretarias de Controle Externo de Auditorias Operacionais e a de Atos de Pessoal e Regimes Próprios de Previdência Social. Ao longo de quatro dias, o conselheiro apresentará os seguintes módulos: comunicação escrita e características do texto técnico, técnicas de argumentação, raciocínio lógico e dialético, coesão e coerência.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade