PREFEITOS COBRAM DO SECRETáRIO MARCELO DUARTE RECURSOS PARA RECUPERAçãO DE PONTES E ESTRADAS
05.02.2016

O grande volume de chuvas que assolam os municípios mato-grossenses neste início de ano tem gerado estragos na infraestrutura de diversas pontes e estradas vicinais e tirado o sono de seus gestores.  Durante reunião capitaneada pelo deputado estadual Dilmar Dal’ Bosco, prefeitos de Tapurah, Terra Nova do Norte, Nova Maringá, Araputanga e Nova Bandeirantes cobraram apoio do secretário de Estado de Infraestrutura, Marcelo Duarte.

A retomada das obras da MT-388 foi a principal reinvindicação do prefeito Luiz Eichoff, da cidade de Tapurah. De acordo com o gestor, a pavimentação da rodovia, que liga aquele município a Itanhangá, teve início no governo Blairo Maggi e contou com o investimento dos produtores locais, mas há anos a obra encontra-se parada, faltando um trecho de 26 km para seu término.

“O governador Pedro Taques se comprometeu em retomar aquele trecho, mas até o momento nada foi feito. O secretário Marcelo Duarte disse hoje que dará andamento à obra, começando pela readequação do projeto executivo. Enquanto isso, solicitamos a doação de óleo diesel para recuperação imediata do perímetro”, cobrou Eichoff.

O prefeito de Araputanga, Paulo Abraão, chamou atenção para as 15 pontes de madeira que separam aquele município de Reserva do Cabaçal. De acordo com o gestor, sete dessas travessias apresentam risco à população e necessitam de reparos emergenciais.

A ponte de 50 metros sobre o rio Sangue, localizado na MT-488, ligando Brasnorte  ao município de Nova Maringá, foi apontada pelo prefeito  João Braga como problema emergencial. Ele também cobrou, com resultado positivo, a celebração de um convênio para recuperação das estradas vicinais.

Em Terra Nova do Norte, segundo o prefeito Nilson Toniazzo, o grande número de acidentes provocados pela falta de sinalização da MT-208, que liga aquele município a Nova Guarita, precisa de resolução imediata.

A demora, por parte da empreiteira, em concluir a pavimentação de 15 km da MT-419, que liga o município de Nova Bandeirantes a Alta Floresta, foi questionada pela prefeita Solange Kleidoro.

“Trata-se de municípios muito distantes, com pouca ou nenhuma pavimentação, onde o excesso de chuva causou muitos estragos, tornando estradas intrafegáveis e piorando a situação das pontes de madeira, que oferecem risco iminente aos motoristas. O secretário Marcelo comprometeu-se com essas demandas. Esperamos que sejam executadas com celeridade”, afirmou Dilmar Dal’ Bosco.  

 

 Fonte:RAPHAELLA PADILHA / ASSESSORIA DE GABINETE

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade