JORNAL DIZ QUE PECUARISTA DE MS PODE TER AJUDADO A BANCAR REFORMA DE SíTIO LIGADO A LULA
07.02.2016

 

José Carlos BUmlai teria ajudado na reforma de sítio investigado 

Depoimentos de um empresário e um arquiteto que trabalharam na reforma de um sítio em Atibaia, usado pelo ex-presidente Lula, apontam que o pecuarista sul-mato-grossense, José Carlos Bumlai, amigo de Lula teria ajudado a custear as reformas e móveis do imóvel investigado. As declarações foram dadas ao Ministério Público de São Paulo. As informações são do Jornal Nacional.

Segundo o jornal, em depoimento, Adriano Fernandes dos Anjos, ex-dono da Fernandes dos Anjos e Porto Montagens de Estruturas Metalicas Limitadas, revelou que prestava serviços para a usina de Bumlai. Segundo ele, a usina o contratou para fazer uma estrutura metálica na casa do sítio de Atibaia. Ele teria ficado na cidade de 30 a 40 dias, pelo serviço, afirmou ter recebido R$ 40 mil, por depósito bancário feito pela usina.

Adriano disse que se reportava ao engenheiro Rômulo Dinalli, que seria encarregado da usina do sul-mato-grossense para o serviço no sitio. Procurado, o engenheiro negou que tivesse trabalhado na reforma, porém o arquiteto Igenes dos Santos, que trabalhou na construção, contou que recebia ordens de Dinalli. Igenes declarou ainda que não teve contato com nenhum dono do imóvel e que não sabia quem o usaria.

Em seu depoimento, Igenes relatou que objetivo era construir um anexo de quatro suítes e a exigência era para que a obra fosse entregue para o Natal de 2011, e por isso, o serviço deveria ser concluído em 120 dias. O arquiteto também disse que o sítio era totalmente fechado, que havia câmeras por todas as partes e que a única pessoa que autorizava a entrada era o caseiro, conhecido como Maradona. Procurado o arquiteto Igenes não foi encontrado.

O sítio de Atibaia é do tamanho de 24 campos de futebol. O espaço conta com piscina, lago, além de ser cercado por uma área verde. Nos últimos 4 anos Lula e a família foram 111 vezes no sitio, procuradores suspeitam que lo ex-presidente seja o verdadeiro dono do imóvel.

Bumlai é amigo pessoal do ex-presidente Lula. Ele foi preso no dia 24 de novembro de 2015 na 21ª fase da Operação Lava Jato. O pecuarista é réu em um processo e responde pelos crimes de corrupção passiva, gestão fraudulenta e lavagem de dinheiro.

Fonte:Midiamax

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade