BANCO DO BRASIL DISPONIBILIZARá PARA SINOP R$ 150 MILHõES NA SAFRA 2016/2017
03.02.2016

O Banco do Brasil disponibilizará cerca de R$ 150 milhões em crédito para a agropecuária de Sinop na safra de 2016/2017. Os recursos de custeio foram antecipados em comparação ao período anterior, e os produtores rurais já podem contratar o financiamento a partir de hoje (01). O crédito disponível para o agronegócio permite melhores condições aos produtores para o planejamento das suas compras e produção além de fomentar a economia local. Os juros são em torno de 8,75% a.a.

Este anúncio foi feito pelo superintendente regional do Banco do Brasil Marcos Paulo Bankow. “A disponibilização de recursos para safra 2016/2017 vai fazer com que os agricultores consigam fazer a compra desses insumos com preço mais em conta e com isso vai economizar recursos que podem ajudar a cobrir as perdas ou as prováveis perdas que eles tenham na safra 2015/2016. Economiza no futuro e ajuda a pagar um pouquinho do passado”, informou.Para o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Sinop Antônio Galvan este recurso será bem vindo para custear a produção. “Dizer que em fevereiro já dispomos do pré-custeio pra soja, que eu me lembre, historicamente nunca aconteceu. E se realmente vier para o mercado, com certeza, vai ajudar a fomentar aqui a agricultura do nosso município. Com certeza será muito bem vindo este recurso”, ressaltou. Segundo levantamento da Aprosoja MT, Sinop possui quase 170 mil hectares de área cultivável de soja.

O gerente de uma das agências do Banco do Brasil Neroli de Jesus Vieira Junior acredita que um dos principais impulsionadores da economia de Sinop é o agronegócio. “A agricultura é fundamental aqui, Sinop nasceu do agronegócio e centraliza comércios e serviços voltados para o setor. O Banco do Brasil é o grande financiador, cerca de 60% do total da agricultura do país. Em Sinop, a participação no financiamento é superior a isso. Quando a gente entra com esse recurso, de forma antecipada, a gente espera que a cidade volte a ter um crescimento econômico adequado como historicamente teve”, enfatizou.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade