DELETRAN INDICIA CONDUTOR DE CAMINHONETE QUE ATROPELOU CRIANçAS DE 7 E 8 ANOS
16.02.2016

O condutor da caminhonete S10 prata que atropelou dois irmãos de 7 e 8 anos, levando a morte um deles, na tarde domingo (14.02), será indiciado pelos crimes de homicídio culposo, omissão de socorro, lesão corporal e fuga de local de acidente. O acidente aconteceu em uma estrada atrás do Condomínio Belvedere, na Capital.

Juares Alves dos Santos, 54, nascido em Várzea Grande, foi identificado durante as investigações ininterruptas para apurar o acidente, realizada pelos policiais civis da Delegacia Especializada de Delitos de Trânsito (DELETRAN), coordenados pelo delegado de polícia Jefferson Dias Chaves.

O procurado que trabalha como pedreiro, estava escondido em uma residência no bairro São João Del Rey, em Cuiabá. Após ser localizado, Juares foi conduzido pela equipe à unidade da DELETRAN, e durante interrogatório confessou o crime. Em depoimento, o suspeito alegou que havia emprestado a caminhonete S10 para trabalhar, e acabou perdendo o freio do veículo, vindo a atingir a mãe e as duas crianças.

Juares foi autuado em flagrante e responderá pelos crimes de homicídio culposo, omissão de socorro, lesão corporal duas vezes e fuga de local de acidente. Ele será encaminhado para audiência de Custódia, nesta terça-feira (16), ficando à disposição da Justiça.

ACIDENTE

Na tarde de domingo (14.02), uma família seguia a pé pela estrada situada atrás do condomínio Belvedere, em Cuiabá. Na ocasião, o condutor que dirigia uma camionete S10 de cor prata acabou atropelando a mãe com as duas crianças. Um menino de 07 anos morreu no local, e o seu irmão de 08 anos foi gravemente feriado e encaminhado para o Pronto Socorro.

No momento do acidente, o motorista não parou para dar assistente, fugindo e abandonado o veículo em seguida.

Fonte:
O condutor da caminhonete S10 prata que atropelou dois irmãos de 7 e 8 anos, levando a morte um deles, na tarde domingo (14.02), será indiciado pelos crimes de homicídio culposo, omissão de socorro, lesão corporal e fuga de local de acidente. O acidente aconteceu em uma estrada atrás do Condomínio Belvedere, na Capital.

Juares Alves dos Santos, 54, nascido em Várzea Grande, foi identificado durante as investigações ininterruptas para apurar o acidente, realizada pelos policiais civis da Delegacia Especializada de Delitos de Trânsito (DELETRAN), coordenados pelo delegado de polícia Jefferson Dias Chaves.

O procurado que trabalha como pedreiro, estava escondido em uma residência no bairro São João Del Rey, em Cuiabá. Após ser localizado, Juares foi conduzido pela equipe à unidade da DELETRAN, e durante interrogatório confessou o crime. Em depoimento, o suspeito alegou que havia emprestado a caminhonete S10 para trabalhar, e acabou perdendo o freio do veículo, vindo a atingir a mãe e as duas crianças.

Juares foi autuado em flagrante e responderá pelos crimes de homicídio culposo, omissão de socorro, lesão corporal duas vezes e fuga de local de acidente. Ele será encaminhado para audiência de Custódia, nesta terça-feira (16), ficando à disposição da Justiça.

ACIDENTE

Na tarde de domingo (14.02), uma família seguia a pé pela estrada situada atrás do condomínio Belvedere, em Cuiabá. Na ocasião, o condutor que dirigia uma camionete S10 de cor prata acabou atropelando a mãe com as duas crianças. Um menino de 07 anos morreu no local, e o seu irmão de 08 anos foi gravemente feriado e encaminhado para o Pronto Socorro.

No momento do acidente, o motorista não parou para dar assistente, fugindo e abandonado o veículo em seguida.

Fonte:
Assessoria | PJC-MT

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade