GRUPO DE SERVIDORES DE MT DENUNCIA QUE NãO RECEBEU SALáRIOS DE DEZEMBRO
11.01.2017

Servidores públicos estaduais estão denunciados por meio de grupos de WhatsApp e das redes sociais que ainda não receberam os salários referente a dezembro de 2016. O pagamento foi anunciado ontem pelo Governo do Estado e a justificativa é de que até o final do dia, 100% do funcionalismo estaria com os salários depositados.

“Além de não termos recebido, também não tivemos nenhuma explicação ou justificativa vinda deste governo! O que temos são nossas contas atrasadas mesmo depois de ter mudado a data de vencimento das mesmas”, postou um servidor na página da deputada estadual Janaína Riva (PMDB), líder da oposição na Assembleia.

Em um grupo de WhatsApp, formado por servidores públicos, as críticas são direcionadas ao governador Pedro Taques. “O maior constitucionalista do Brasil descumpre a constituição e não paga os servidores até o dia 10”, disse um servidor. Uma outra servidora alega que a Secretaria de Fazenda prometeu regularizar a situação de todos os servidores até às 14 horas.

Nos últimos meses, o Governo do Estado vem enfrentando problemas para pagar os servidores públicos. Nos meses de setembro e outubro, quando a previsão era pagar no último dia útil de cada mês, os vencimentos foram escalonados.

A partir de novembro, o Governo adotou a nova data de pagamento dos salários e os servidores passaram a receber no dia 10 do mês subsequente ao trabalhado. A medida gerou duras críticas do funcionalismo.

Além da data do pagamento, os servidores travaram uma quebra de braço com o Governo em virtude da não concessão integral da RGA (Revisão Geral Anual).

Por meio de nota, o Governo do Estado informou que houve uma falha no processamento do Banco do Brasil. Veja a íntegra:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

O Governo de Mato Grosso esclarece que realizou todos os procedimentos para o pagamento dos servidores públicos estaduais no prazo legal, 10 de janeiro. Em razão do não pagamento a alguns servidores, o Governo do Estado solicitou, por meio da Secretaria de Fazenda (Sefaz), informações do Banco do Brasil, que reconheceu um atraso no processamento na folha de alguns servidores da Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc).

O Banco do Brasil informou à Secretaria de Fazenda que o problema já foi corrigido e que os pagamentos que ficaram pendentes foram realizados na manhã desta quarta-feira (11.01).

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade