LEITãO: “AGORA é HORA DE SABER QUEM é COMPANHEIRO E QUEM NãO é"
13.01.2017

O presidente regional do PSDB, deputado federal Nilson Leitão, admitiu que a crise econômica no País e em Mato Grosso gera certo desgaste à gestão do governador Pedro Taques (PSDB).

 

Segundo Leitão, é neste momento de dificuldade que o governador saberá quem são seus verdadeiros aliados.

 

“O governador Pedro Taques vai ter que superar o momento de crise. O Brasil está cheio de problemas, isso transfere para Mato Grosso. Claro que ele vai ter que superar tudo isso e, superar ao lado dos companheiros”, disse o deputado.

 

Ele está avançando. E, com esse avanço, não tenho dúvidas de que ele será um nome muito forte

“Agora é hora de saber quem é companheiro e quem não é. Não é hora de troca de favor, é hora de se concentrar na gestão do Estado”, completou o deputado, sem citar quaisquer nomes.  

 

O deputado, contudo, aposta em um melhor cenário para o ano de 2017 e disse que o desempenho de Taques, ao longo deste ano, impactará, inclusive, em um eventual projeto de reeleição em 2018.

 

“Não tenho dúvida de que a gestão em 2017 trará reflexos para 2018. A gestão é que faz isso. O resto é conversa. O Governo que tem resultados acaba tendo mais condições de ser reeleito e o governador Pedro Taques é um governador diferenciado”, disse.

 

Ainda assim, Leitão afirmou que este não é o momento de falar de reeleição e disse que o assunto, por ora, só interessa aos grupos de oposição ao Governo Taques.

 

“Nós que somos da situação não temos que falar em reeleição hoje. Isso é um assunto que tem que ser pauta da oposição. A situação tem que pensar em governar, em cuidar do Estado. O governador Pedro Taques só vai estar de fato numa situação tranquila de reeleição se estiver trabalhando e é isso que ele está fazendo”, afirmou.

 

“Ele está trabalhando, resolvendo os problemas, deixando para passado aquilo que é do passado e está avançando. E, com esse avanço, não tenho dúvidas de que ele será um nome muito forte. Mas agora é o momento de se concentrar de fato na gestão, concluiu. 

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade