PSDB QUER AMPLIAR CARGOS NO GOVERNO E ENTRA NA BRIGA PELA SEMA
30.01.2017

O presidente estadual do PSDB, deputado federal Nilson Leitão, revelou que o partido deve se reunir nas próximas semanas com o governador Pedro Taques (PSDB) para discutir vagas para aliados à sigla no Estado. Mesmo com a reivindicação de vaga, o parlamentar assegurou que não existe nenhum tipo de disputa entre os partidos da base aliada por vagas na equipe do Executivo Estadual.

Conforme Leitão, o PSDB possui diversos representantes na equipe do Governo. Porém, novas vagas devem ser solicitadas. “No PSDB hoje, temos a Secretaria de Cidades, temos o Governo do Estado e outros secretários que têm uma tendência ao partido. Nas próximas semanas, vamos discutir com o governador sobre espaços que poderão pertencer a pessoas que estão nos ajudando”, contou o deputado.

De acordo com o peessedebista, não há nenhum tipo de problema entre os partidos da base aliada por lugares no Governo. "De jeito nenhum. Muito pelo contrário, são partidos aliados. Não temos nenhuma dificuldade, desde que não escolham nomes que nós acharmos que não vão dar conta do recado. Mas o Governador tem qualidade para escolher bons nomes e não tenho dúvidas de que ele vai fazer isso com toda a tranquilidade. Não precisa ter esses ciúmes. Quem não tem competência, não se estabelece. Esse pensamento à frente, para 2018 e 2020, isso vem ao seu tempo. O importante é o Governo dar certo. Se o Governo não for bem, nenhum partido vai bem e todo o grupo acaba indo mal”, completou.

O tucano comentou sobre os partidos que já conquistaram espaço no governo de Taques e ainda defendeu as escolhas de Taques. “O PSB foi um grande colaborador da campanha do nosso tucano Wilson Santos e merece o nosso respeito. O PSD é a mesma coisa, com o Carlos Fávaro. Não precisamos ter uma pessoa a mais que outro partido para que possamos nos sentir importantes. Precisamos que o Governo esteja bem, para que possamos nos sentir importantes”, pontuou.

Em relação ao fato de o vice-governador Carlos Fávaro (PSD) deixar o cargo de líder da Secretaria de Meio Ambiente em março, o deputado federal disse que o governador deve chamar alguém que entenda do assunto para ocupar a vaga. "Acho importante o Taques colocar pessoas que tenham competência para substituir o vice-governador. Tem que ser alguém que venha fazendo um trabalho na mudança da Sema, com a mesma contribuição, eficiência e responsabilidade. A soja, a agricultura, a madeira, o gado, o minério, tudo isso é dependente de uma Sema que funcione. Queremos pessoas que tenham essa competência, não queremos que tenham cargos porque o partido pediu”, completou.

O tucano, que deve assumir a liderança da Frente Parlamentar da Agropecuária do Estado no próximo mês, pontuou que a Secretaria de Meio Ambiente não deve ser alvo de disputas entre legendas. “Quero que nosso partido, nosso grupo e pessoas ligadas a nós em todos os setores possam, de fato, ter alguém à altura na Sema, como é atualmente o Carlos Fávaro. Não queremos que a Sema seja a vontade de um partido A, B ou C, nem do PSDB, nem do PSB, nem do PSC”, argumentou.

 Leitão afirmou que o PSDB deve participar da discutissão sobre a vaga a ser ocupada na liderança da Secretaria de Meio Ambiente. “Talvez nem seja para indicar alguém filiado ao partido, mas que seja alguém à altura, que possa corresponder, de fato, às necessidades”, finalizou.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade