“NãO FAçO NEGOCIATAS; BARBARA é COMPETENTE”, AFIRMA VEREADOR
18.01.2017

O presidente da Câmara de Cuiabá, vereador Justino Malheiros (PV), negou que a nomeação da economista Barbara Helena de Noronha Pinheiro no cargo de secretária de Gestão de Pessoal tenha sido a pedido do prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB).

 

Barbara é cunhada do prefeito e ocupará cargo no Legislativo com salário de R$ 12 mil. A nomeação foi publicada no Diário de Contas desta quarta-feira (18).

 

“Eu não faço negociatas. O prefeito nunca interferiu nem a eleição da Mesa Diretora, nem na escolha da Barbara. Nunca! Não é do perfil dele. A minha relação com o prefeito é saudável, mas totalmente independente”, afirmou ao MidiaNews.

 

Eu não faço negociatas. O prefeito nunca interferiu nem a eleição da Mesa Diretora, nem na escolha da Barbara. Nunca. Não é do perfil dele

Nos bastidores, a indicação foi considerada uma “troca de favores” entre Justino e Emanuel justamente por conta da indicação ocorrer logo após o prefeito manter Júlio Cesar Paes de Barros Malheiros, irmão do vereador, no cargo de adjunto de Infraestrutura na Secretária de Obras Públicas.

 

Entretanto, segundo Justino, a escolha ocorreu após o Partido Progressista (PP) indicar alguns nomes. A economista foi escolhida, de acordo com o parlamentar, por conta de sua “competência”.

 

“O PP indicou alguns nomes e eu escolhi o que achava mais preparado, como escolhi o [Francisco] Faiad, entre outros. A Barbara é alguém competente, preparada, capacitada. E a convidei para os recursos humanos da Câmara”, disse.

 

“E meu irmão já estava na Prefeitura desde a época do Mauro Mendes. Não tem nada a ver uma coisa com a outra. A escolha dela foi por capacidade. Meu secretariado não foi cabo eleitoral. Eles não votaram em mim, mas foram escolhidos pela capacidade técnica”, afirmou.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade