PREFEITURA INAUGURA PRAçA MAJOR BUENO, NO PORTO
06.02.2017

Ronnie Von entoava nos idos de 1967, “a mesma praça, o mesmo banco”. Passados 50 anos, Emanuel Pinheiro, suscitou a memória não apenas da velha canção, mas também dos militares cuiabanos que participaram num tempo ainda mais distante, na década de 1940, das Forças Expedicionárias Brasileiras (FEB). Ao inaugurar nesta sexta-feira (03) a primeira obra de sua gestão como prefeito da Cuiabá dos 300 anos - a revitalização da Praça Major João Bueno, no Porto – alterou os versos da canção. “Não é mais a mesma praça, não é mais o mesmo banco”.

Em respeito à memória e aos ícones da história que ali estão expostos há décadas, algumas peças, como o canhão de guerra guardado pela sombra fresca de grandiosas árvores, foram mantidas. Num investimento de cerca de R$ 300 mil em recursos próprios, a Prefeitura de Cuiabá dá início a um processo de resgate de obras paralisadas, deixadas por gestões anteriores, ao dar destaque ao importante valor histórico e cultural que a Praça possui, visto que está situada num dos primeiros bairros da Capital.

“A Praça Major João Bueno deverá fomentar ainda mais o turismo na região do Porto, visto que é vizinha da Casa do Artesão, de um restaurante que serve comidas típicas de nossa culinária e o tradicional Sesc Arsenal. “Quero homenagear os expedicionários, cujos nomes estão eternizamos na placa e no monumento, para que todos conheçam os heróis cuiabanos que lutaram com bravura e galhardia, na Itália, ao lado das tropas Americanas, na Segunda Guerra Mundial”, exclamou o prefeito.

Naquela época, dos 25 mil homens que compunham as tropas da FEB, não se sabe ao certo destes quantos eram cuiabanos. No entanto, 128 sobreviveram com coragem para voltar à terra natal. Entre eles está o senhor Davino Leopoldino, homenageado na noite desta sexta-feira que, com plena lucidez, no alto de seus 93 anos, se disse feliz e honrado pela inauguração da obra. “Desejo ao Emanuel Pinheiro muita sorte e sucesso em sua gestão”, pontuou.

Ao prestigiar a cerimônia de inauguração, o senador José Medeiros lembrou a importância do processo de urbanização para a segurança pública e destacou o papel das praças para a formação da sociedade. “Fico imaginando quantos casamentos não devem ter iniciado aqui, quantos namoros. Isso aqui era um ponto de encontro dos cuiabanos antigos e, agora também dos novos, que está sendo resgatado e devolvido à população”, analisou. 

Contudo, o secretário Municipal de Serviços Urbanos, José Roberto Stopa, lembrou que o trabalho não acaba com a inauguração. “Varreremos três vezes por semana, mantendo as lixeiras sempre limpas, o jardim bem regado e as plantas podadas. É papel da nossa secretaria dar manutenção e cuidar da iluminação, de forma que a comunidade possa vir aqui e passear com tranqüilidade. Será um trabalho permanente e constante, como nos demais equipamentos públicos”, explicou.

De acordo com ele, havia uma emenda parlamentar destinada à revitalização da Praça pelo então senador, Pedro Taques, no valor de R$ 759 mil, mas que não foi liberada, mesmo a empreiteira já tendo dado início às obras. “Com isso, tivemos de romper o contrato com a empresa e iniciar a revitalização com recursos próprios. É importante ressaltar que a obra possui iluminação de Led, rampas de acesso para cadeirantes e piso tátil, respeitando um dos principais compromissos do prefeito, que é a acessibilidade”.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade