CRE ANALISARá INDICAçõES DE NOVOS EMBAIXADORES PARA ESLOVêNIA E ISRAEL
06.02.2017

Assim que eleger seu presidente para o próximo biênio, a Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE) deverá analisar indicações de diplomatas para embaixadas brasileiras na Eslovênia e em Israel.

Na semana passada, o presidente Michel Temer indicou o ministro de primeira classe do Ministério das Relações Exteriores Renato Mosca de Souza para a missão do Brasil na Eslovênia.

Renato Mosca de Souza chefiou de 2011 a 2016 o cerimonial da Presidência da República. Desde 1990, quando ingressou nos quadros do Itamaraty,  atuou em diversas funções, incluindo passagens pelas embaixadas do Brasil em Washington e Caracas.

Temer também encaminhou mensagem sugerindo o nome de Paulo Cesar Meira de Vasconcellos, ministro de primeira classe, para chefiar a missão do Brasil em Israel.

Paulo Cesar Meira Vasconcellos, por sua vez, está no Itamaraty desde 1976. Desde então passou por diferentes postos. Foi embaixador do Brasil em Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos, e Bangkok, na Tailândia.

Antes de serem nomeados para os respectivos cargos, ambos precisam passar por sabatina na CRE e posterior aprovação no Plenário do Senado.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade