SOB PRESSãO DA SOCIEDADE, CâMARA DE CUIABá INICIA LEGISLATURA TENTANDO SE LIVRAR DA ‘CASA DOS HORRORES’
02.02.2017

Tendo mais de metade do plenário composto por novatos e recheada de desafios homéricos, a Câmara de Cuiabá realiza, nesta quinta-feira (2), a partir das 8 horas, sessão solene de abertura da 19ª legislatura. E o principal desafio é o próprio resgate da imagem do Poder Legislativo, tratada na imprensa como ‘Casa dos Horrores’, após sucessivos escândalos e processos judiciais.

Leia também: 
Após série de escândalos, Malheiros afirma que nova Mesa Diretora trabalha para mudar a imagem da Câmara

Até mesmo o novo presidente da Câmara de Cuiabá, vereador Justino Malheiros (PV), reconhece a necessidade de mudança conceitual, em caráter de urgência, para facilitar o próprio trabalho dos parlamentares. “Vamos trabalhar para resgatar, envolvendo a sociedade nas discussões dos projetos, em audiências públicas. Se cada vereador apresentar um bom projeto por semestre, teremos 25 bons projetos de lei, no primeiro semestre”, avaliou Justino.
 
O edifício que abriga o Palácio Paschoal Moreira Cabral, no marco do Centro Geodésico da América do Sul, é outra  preocupação da Mesa Diretora. Com mais de meio século, apresenta o resultado dos maus cuidados e das intempéries sofridas durante décadas, especialmente com o agravamento dos problemas elétricos e hidráulicos.
 
O prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB) confirmou presença, mas ainda não fechou a mensagem que será enviada ao Poder Legislativo da Capital.
 
No plenário das deliberações, as autoridades representando os poderes constituídos, farão seus discursos e Pinheiro fará sua mensagem aos vereadores e à sociedade. Na prática, os vereadores eleitos para esta legislatura (2017-2020) começam a trabalhar nesta quinta feira, com o compromisso de preparar Cuiabá para a celebração dos 300 anos de fundação, em 08 de abril de 2019.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade