FORTUNA APREENDIDA PELA PF GARANTE OBRAS EM HOSPITAL DE CUIABá
10.03.2017

Uma equipe do Ministério Público Federal em Mato Grosso (MPF/MT) esteve na Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá,  1º de março, visitando as obras que estão sendo realizadas com parte do dinheiro recuperado durante a operação Ararath. Ao todo, estão sendo investidos aproximadamente R$ 460 mil.

A procuradora da República Bianca Britto de Araujo destaca que "aliado ao objetivo de recuperar o recurso público desviado de sua finalidade está também o de devolver à sociedade mato-grossense o recurso bem aplicado".

Ao todo, foram destinados R$ 458.538,19 à Santa Casa de Cuiabá tendo por finalidade a reforma dos telhados, do necrotério e a instalação do esgoto da hemodiálise infantil. Para a reforma dos telhados, troca de cobertura completa, reparos, trocas de rufos e também toda a questão de rede lógica, elétrica e hidráulica que passa pelo local foram utilizados R$ 185.260,00. “O ganho para a população foi de grande monta, pois com a reforma do telhado, o centro cirúrgico voltou a funcionar, uma vez que duas salas de operação estavam interditadas em razão de goteiras localizadas em cima do foco cirúrgico”, ressaltou a procuradora.

Para a reforma do necrotério foram destinados R$ 59.577,89. As obras foram iniciadas na parte de esgoto do necrotério, que agora conta com rede própria de esgotamento. Toda a reestruturação do espaço foi feita a humanização, transformando em um local mais acolhedor para os familiares dos falecidos. “Essa reforma dará mais dignidade aos usuários da Santa Casa durante os procedimentos de óbito de seus entes queridos”, completou a procuradora da República Vanessa Zago.

Já para a reforma e instalação da rede de esgoto no setor de Hemodiálise Infantil foi destinada a quantia de R$ 213.700,30. Com isso, foi possível instalar seis máquinas de hemodiálise que já haviam sido recebidas pela Santa Casa, mas não estavam em funcionamento em razão da ausência de rede de esgoto no local.

O acompanhamento da execução das obras e aplicação dos recursos públicos está sendo realizado pela Controladoria Geral da União (CGU/MT) em parceria com o MPF/MT, e foram estabelecidas condições de transparência, economicidade e eficiência na aplicação do recurso. Até o momento, quatro prestações de contas já foram apresentadas, tendo sido todas aprovadas. Agora, as duas instituições aguardam apenas a apresentação da prestação final de contas, que deve ocorrer no fim do mês de março, e posterior inauguração das obras.

A visita à Santa Casa também foi acompanhada pela superintendente da CGU em Mato Grosso, Karina Jacob Moraes, e guiada pela coordenadora voluntária de Ações e Projetos da Santa Casa de Cuiabá, Telma Ribeiro Preza e pelo presidente da entidade, Antônio D‘Oliveira Gonçalves Preza.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade