SARGENTO CONFIRMA QUE ESTUDANTE ERA MEMBRO DE GRUPO DE ZOóFILOS
04.05.2017

O sargento Juarez Pereira Vidal confirmou a existência de um grupo no WhatsApp formado por zoófilos, do qual faria parte o estudante de Cuiabá Emerson Fernandes Pedroso, de 22 anos, que fez um vídeo abusando de uma cadela, no mês passado.

 

Em entrevista ao MidiaNews, Vidal afirmou que pelo menos 100 pessoas estariam neste grupo. A zoofilia é um distúrbio de pessoas que sentem atração sexual e/ou fazem sexo com animais.

 

“Mas há informes, ainda não confirmados, que existe também uma página no Facebook ”, contou o sargento, que trabalha com a causa animal há mais de 10 anos.

 

Uma outra fonte, que não quis se identificar, confirmou ao site que o inquérito que investiga o estudante também menciona a a existência do grupo de zoófilos no aplicativo e que o próprio estudante teria confessado o fato. Conforme a fonte, consta no grupo números de telefone oriundos de outros países. O inquérito tramita em sigilo.

 

Emerson Pedroso chegou a ser preso preventivamente no dia 24 de abril, mas a Justiça determinou sua soltura no dia 28. A liminar foi concedida pela juíza Flávia Catarina Oliveira de Amorim, da Vara do Meio Ambiente.

 

Passeata

 

Na última terça-feira (02), várias Ongs se reuniram em uma passeata do Fórum da Capital até a Dema – Delegacia de Meio Ambiente – para entregar um manifesto de apoio ao delegado Gianmarco Paccola, que está comandando as investigações do caso de zoofilia envolvendo o estudante.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade