​PRESIDENTE DO TJ AFIRMA QUE INTERCEPTAçõES ILEGAIS PODEM ANULAR PROCESSOS
17.05.2017

O presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, desembargador Ruim Ramos, afirmou que as interceptações ilegais perpetradas por um núcleo da Polícia Militar na modalidade conhecida como “barriga de aluguel” pode causar a anulação dos processos nas quais elas estão inseridas, mesmo em caso de a ação já ter transitado em julgado.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade