PARQUE SERá IMPLANTADO EM ATé 3 ANOS
05.05.2017

As escolas municipais de Várzea Grande receberão ações do “Movimento Maio Amarelo” desenvolvidas pela Guarda Municipal sobre o respeito ao próximo no trânsito da cidade e à sinalização para evitar acidentes. As ações de prevenção de acidentes tiveram início na manhã desta quinta-feira (04/05), na Escola Municipal de Educação Básica Jayme Veríssimo de Campos Júnior (Jaiminho) e vão até o final deste mês em diversas escolas da Rede.

O “Movimento Maio Amarelo” é uma ação mundial, que teve início em março de 2010 pela Organização das Nações Unidas (ONU) com o propósito de diminuir os acidentes de trânsito durante a década de 2011 a 2020, definindo o período como “Décadas de Ações para a Segurança no Trânsito”, em todo o mundo. Em Várzea Grande, as ações preventivas de educação no trânsito são permanentes por meio da Secretaria Municipal de Defesa Social e da Guarda Municipal que desenvolvem além de palestras, teatros de fantoches junto ao público escolar da cidade.

“Essas ações educativas é que fazem a diferença para conscientizar as famílias tendo as crianças excelentes propagadoras de informações junto aos seus pais. Queremos que condutores de todos os tipos de veículos e pedestres vivam em harmonia no trânsito e, se preocupem com a prevenção de acidentes”, explicou o Comandante da Guarda Municipal, Evandro Homero Dias.

Responsáveis pelas ações, as agentes da Guarda Municipal, Inês Guimarães e Flávia Cunha, explicam que os personagens infantis do teatro de bonecos despertam a atenção e a curiosidade dos estudantes pelo assunto. ”Mesmo depois da palestra e da peça teatral os estudantes querem conhecer mais sobre o assunto fazendo perguntas aos personagens de fantoche que são: a Fada Pedestrinha, Alex, Carlinhos, a Bruxa Meleca e o guarda Zezinho. O resultado dessas histórias no imaginário infantil é fantástico, eles passam a entender por meio dos personagens sobre as responsabilidades diárias, tanto do pedestre quanto do motorista na educação do trânsito”, disse a agente, Inês Guimarães.

A agente Flávia Cunha complementa que a maioria dos acidentes de trânsito acontece por causa de falhas humanas e da falta de atenção dos condutores sobre as regras do trânsito, se infringir lei na certa ocorre acidente.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade