POLíCIA DESCARTA PACTO DE MORTE EM ENVENENAMENTO DE CASAL; DELEGADO AGUARDA LAUDO Há QUASE DOIS MESES
11.05.2017

Quase dois meses após a morte do eletricista Reginaldo Martins, 25, em um suposto envenenamento que também vitimou sua namorada, J.L.M., 23, a Polícia Civil ainda aguarda pelo resultado das análises dos alimentos ingeridos por eles para finalizar o inquérito. A hipótese de um pacto de morte entre o casal foi descartada depois do depoimento prestado pela mulher ao ser liberada no último mês do Hospital Regional de Alta Floresta (800 km de Cuiabá), onde estava internada em estado grave.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade