GRUPO DO PSB LUTA CONTRA VOLTA DE VALTENIR E VAI PEDIR A PERDA DO MANDATO NA JUSTIçA
19.06.2017

Principais lideranças do PSB em Mato Grosso declararam “guerra” contra o deputado federal Valtenir Pereirarecém-nomeado presidente da sigla e "inimigo" do ex-prefeito Mauro Mendes. Além disso, o presidente destituído deputado federal Fabio Garcia vai entrar na Justiça por infidelidade partidária de Valtenir o que pode acarretar na perda do mandato.

“Nós não reconhecemos Valternir. Ele não tem legitimidade para ser presidente do partido. Ele está prestando um serviço indigno e nós vamos lutar contra ele”, disse o secretário estadual de Agricultura Familiar e Regularização Fundiária, Suelme Evangelista (PSB).

Segundo o secretário, o PSB fará reunião hoje, às 14h, para discutir o assunto, em especial o pedido de perda do mandato com iniciativa de Fábio, para avaliar se é possível. Valtenir foi eleito em 2014 pelo PROS e tem como suplente o ex-deputado estadual Jota Barreto (PR). Depois que deixou o PROS, Valtenir já passou pelo PMB, PMDB e agora retorna ao PSB. 

Suelme ainda diz que a decisão do presidente nacional da legenda Carlos Siqueira  de destituir a diretoria do PSB pelo fato de Fábio Garcia ter votado favorável à reforma trabalhista descumprindo orientação partidária cai por terra com a nomeação de Valtenir como presidente. “Valtenir também votou favorável", afirma. 

O secretário também reforça que a base do PSB não vai “abandonar” o governador Pedro Taques (PSDB) na Assembleia. “Com relação ao governo, não muda nada, nossa participação, nossa presença. Nossos quatro deputados (Oscar Bezerra, Professor Adriano, Eduardo Botelho e Mauro Savi) permanecem na base", diz.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade