PEDRO TAQUES USA CUIABANêS PARA EXPLICAR QUADRO ATUAL DA PEC TETO DE GASTOS: “ESTá DIGORESTE”
03.07.2017

Considerada indispensável para o ajuste fiscal de Mato Grosso, a PEC do teto dos gastos dos poderes constituídos deve ser enviada para apreciação e votação da Assembleia Legislativa dentro de poucos dias. A projeção partiu do governador José Pedro Taques (PSDB), ao utilizar um verbete do linguajar cuiabanês, como metáfora, para explicar o quadro atual: “o texto final está tudo certinho. Está tudo digoreste”, afirmou Taques, utilizando uma expressão mato-grossense que significa “algo muito bom”.  
 
“Está pronto! Fizemos a última leitura. Apresentamos aos dirigentes dos poderes para elaborarmos o texto final, antes do envio para o Poder Legislativo”, definiu Taques, após participar de evento de regularização fundiária de conjuntos habitacionais, no Salão Cloves Vettorato do Palácio Paiaguás, em Cuiabá.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade