JAPONESES ESTãO PREOCUPADOS COM A VIOLêNCIA EM CUIABá
19.05.2014

Japoneses que virão à Cuiabá durante a Copa do Mundo não estão nem um pouco preocupados com o calor e sim, com o alto índice de violência por aqui. Uma cartilha será lançada pela embaixada japonesa dando dicas de segurança aos turistas que vão passar por Cuiabá e Recife.

Mikio Okumura, que também é membro da Associação Japonesa de Futebol, disse durante visita a Cuiabá na última sexta-feira (16), que o calor é o menor problemas para os japoneses, tendo em vista que o verão japonês faz tanto calor quanto o de Cuiabá.

Edson Rodrigues/Secopa

Delegação japonesa esteve em Cuiabá na sexta e está preocupada com a insegurança pública

“Já estamos acostumados com o calor. Lá também é bastante quente no verão. O que estamos preocupados é com essa falta de segurança que paira por aqui e em Pernambuco, onde vamos jogar contra a Costa do Marfin”, disse Okumura.

Em Cuiabá, o Japão enfrenta a Colômbia no dia 24 de junho. Os membros da embaixada devem imprimir uma cartilha informando sobre os perigos aqui. Para Okumura, no Japão a segurança é muito grande e quase não se vê crimes como homicídios e roubos. Além disso, a provável greve dos policiais em Mato Grosso e em Pernambuco durante a Copa do Mundo é a maior preocupação.

“Sabemos de todos os problemas, pois estamos sendo abastecidos com notícias das cidades onde vamos jogar. Queremos fazer um bom jogo e nos sentir seguros”, concluiu o membro da comissão de futebol.

OUTRO LADO
A Secretaria Extraordinária da Copa do Mundo (Secopa) explicou que todo sistema de monitoramento das delegações e de segurança durante os jogos da Copa em Cuiabá está montado para garantir o ir e vir de todos os participantes e jogadores do evento. “A segurança daqui é uma das mais bem planejadas do Brasil”, disse o secretário Maurício Guimarães.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade