RIVA DIZ QUE PSD ABRE MãO DE CANDIDATURA POR MAGGI
19.05.2014

Riva diz que PSD abre mão de projeto, mas ressalta que legenda tem força para disputar a majoritária

O deputado estadual José Riva, principal líder do PSD em Mato Grosso, voltou a afirmar que seu partido pode abrir mão do projeto de candidatura do vice-governador Chico Daltro, caso o senador Blairo Maggi (PR) entre na corrida pelo Palácio Paiaguás.

Em entrevista ao MidiaNews, nesta segunda-feira (19), Riva afirmou que Maggi é uma das maiores forças políticas no contexto dos partidos que compõem o arco de aliança do Governo.

“O Blairo é uma grande liderança e o PSD não tem problema nenhum em apoiá-lo. Tanto é que lançamos o nome do Chico Daltro, mas sempre colocando que, se o Blairo fosse candidato, iríamos compor com ele”, explicou.

O parlamentar acredita que, mesmo com senador republicano na disputa, o PSD tem condições de encabeçar a majoritária nas eleições deste ano.

A própria executiva nacional do partido, lembrou ele, já deliberou para que a sigla busque integrar a chapa principal nas disputas estaduais.

"Acredito que temos condições de comandar essa majoritária, porque temos um bom nome, mas há a possibilidade de recuo"



Para Riva, o vice-governador Daltro é um nome forte, capaz de enfrentar o senador e pré-candidato ao Governo Pedro Taques (PDT) pela oposição.

“Acredito que temos condições de comandar essa majoritária, porque temos um bom nome, mas há a possibilidade de recuo”, disse.

Blairo Maggi tem se mantido longe das mesas de conversações dos partidos que compõem a base governista, hoje formada por PMDB, PT, PR, PSD, PP, PCdoB, Pros, PRB, PSC, PSL e PEN.

No entanto, é sempre lembrado pelo forte apelo popular e pelo bom posicionamento nas últimas pesquisas de intenção de voto.

Até o momento, pela base, apenas PSD, PT e PMDB colocaram nomes à disposição na disputa do Governo.

Pelo PSD, o nome é o do vice-governador Chico Daltro; pelo PT, o ex-vereador Lúdio Cabral; PMDB tenta emplacar o ex-juiz federal Julier Sebastião da Silva.

Indefinição

Com Blairo Maggi afastado das conversas, o PR tem ficado "em cima do muro" e mantido conversas também com partidos da oposição.

Para Riva, a legenda tem total autonomia para conversar com outros partidos.

No entanto, ele disse acreditar que os republicanos vão permanecer na base governista.

“É normal que isso ocorra no processo eleitoral, porque, nesse momento, os partidos querer buscam se acomodar. O PR tem garantia da governabilidade e tem ajudado o grupo. Acredito que eles irão ficar na base”, disse.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade