CUIABá DEVE DESISTIR DE MULTAS POR CâMERAS
04.08.2017

Termina na próxima semana as campanhas educativas em relação às multas por videomonitoramento em Cuiabá. No entanto, tudo aponta que as câmeras não mais serão utilizadas para multar e sim para dar mais segurança e controlar o tráfego. O secretário de mobilidade Urbana Antenor Figueiredo confirmou que as campanhas educativas tem surtido efeito. 

“O videomonitoramento vamos usar mais para tráfego, para controlar o tráfego, às vezes aqueles que abusarem pode ser usado”, confirma Antenor. 

As multas seriam aplicadas no início do ano, mas, após determinação do prefeito Emanuel Pinheiro foram 120 dias de campanhas educativas, sendo prorrogadas por 30 dias e depois por mais 30. “O prefeito pediu mais 30 dias de campanha educativa, vence agora dia 06 ou 07, mas, se for o caso, aumentaremos mais ainda porque está dando efeito. As pessoas estão respeitando e não estão cometendo infrações. Se você andar certo, ninguém vai multar ninguém”, disse. 

O secretário frisou ainda que o título de indústria da multa não cabe à Cuiabá. “Estamos pregando a indústria da vida, só para se ter uma ideia, 60% da frota nunca foi multada. Não existe indústria de multa, vamos buscar a humanização no trânsito e vamos fazer com a intensificação das campanhas educativas”, afiança. 

Um dos resultados colhidos conforme Antenor é que a fiscalização eletrônica nos lugares onde foram colocadas reduziu em até 60% os acidentes. Ele confirma que a maioria dos acidentes se dá por alta velocidade, e estes aparelhos detectam as altas velocidades. “Quando é monitorado, diminui a alta velocidade preserva a vida mais ainda”. 

Antenor afirma ainda que Cuiabá neste primeiro semestre reduziu em quase 50% das multas que foram emitidas no mesmo período de 2016. 

Faixa Verde – O secretário anunciou ainda melhorias em relação aos estacionamentos em Cuiabá e a rotatividade. Segundo Antenor, a prefeitura está terminando um termo de referência para a implantação do Faixa Verde. 

“Escutamos alguns setores que são mais interessados neste estacionamento para que possamos colocar o termo de referência de acordo com que Cuiabá exige, acredito que mês de setembro estamos soltando a licitação da Faixa Verde”, ressalta Antenor Figueiredo.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade