NININHO PAGOU R$ 7 MI POR CONCESSãO DE PEDáGIO NA MT-130, DIZ SILVAL
30.08.2017
O ex-governador revelou que foi procurado pelo deputado e Eloi Bruneta, da Morro da Mesa, para negociarem a concessão
SÍLVIA DEVAUX
DA REDAÇÃO

 

O deputado estadual Ondanir Bortolini, o Nininho (PSD), pagou propina de R$ 7 milhões para o ex-governador Silval Barbosa (PMDB) pela  concessão e instalação de pedágio na MT-130, trecho 122 km entre os municípios de Rondonópolis e Primavera do Leste, conforme a delação de Silval à Procuradoria Geral da República (PGR).

 

O ex-governador revelou que foi procurado pelo deputado e Eloi Bruneta, um dos diretores da Concessionária Morro da Mesa, para negociarem a concessão do serviço na rodovia estadual MT-130 e o valor foi repassado em 23 cheques de R$ 300 mil cada da Construtora Trípolo.

 

Os cheques da construtora, conforme a delação,  que seria de Nininho foram trocados com o empresário Jurandir da Silva Vieira, dono da Solução Cosméticos, amigo de Silval, para quitar dívidas de campanha do ex-governador. 

 

OUTRO LADO

O deputado Nininho avisou que irá se pronunciar sobre as denuncias do ex-governador somente após se aprofundar de todos os fatos e acusações. Ele ainda esclareceu que a Construtora Trípolo é de propriedade dos filhos dele.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade