SILVAL TROCOU PRIORIDADE EM áREA DE GARIMPO POR OBRAS NO MT INTEGRADO
30.08.2017

Em troca de contratos com o programa MT Integrado, o governador Silval Barbosa conquistou a prioridade na compra de uma área de garimpo com 3 mil hectares, em Nossa Senhora do Livramento. O dono da área também era proprietário da Construtora Enza, que tinha interesse no programa.


“Frederico”, assim nomeado pelo ex-governador, foi procurado por Silval para tratar do negócio. Ficou acertado que Silval e seus sócios, entre ele o ex-prefeito Mauro Mendes, teriam prioridade na aquisição das terras. O negócio foi feito legalmente, exceto pelo fato de que a prioridade foi paga com a entrada na empresa no programa de pavimentação asfáltica.

Wanderley Faccheti Tores, Jose Lacerda (ex-secretário da Casa Civl) e Silval detinham 50% dos direitos do terreno. A outra metade pertencia a Mauro Mendes, atual prefeito de Cuiabá e Waldiney Mauro de Souza. A terra foi comprada com licença para a exploração do garimpo, e em seguida foi montada toda estrutura para dar início a garimpagem.

“A sociedade foi dissolvida, Mauro Mendes e Ney continuaram com a parte deles, sendo que o colaborador [Silval] e Vanderlei trocaram sua parte por 1200 hectares da mesma área (com potencial, mas sem licença), sendo que negociaram com Filadelfo trocando parte da área por uma planta montada e respectiva autorização para licença de lavra do subsolo.”, consta do termo da delação.

No caso em questão, Silval não imputa nenhuma ilegalidade aos demais citadas. Ele garante, ainda, que a terra foi comprada legalmente por todos os sócios. 

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade