APóS SE FORMAR EM GASTRONOMIA, CUIABANO INVESTE EM 'CHURRASCO GREGO' COMO NEGóCIO PRóPRIO
05.09.2017
Após se formar em gastronomia pela Universidade de Cuiabá (Unic), o cuiabano Leandro Batista de Oliveira, 28, buscava uma forma de trabalhar por conta própria. Depois de deixar uma parceria com o pai, em uma distribuidora de bebidas, e vender assados (como frango e costela) aos finais de semana com a namorada, ele decidiu investir em um novo ramo: o ‘churrasco grego’.


Criado provavelmente há mais de mil anos, no Império Tuco-Otomano (hoje Turquia), o churrasco se popularizou no Brasil. É feito, basicamente, com diversos bifes de carne empilhados em um espeto giratório. Na hora de servir, a carne é cortada pela lateral, e colocada dentro de um pão francês com vinagrete.
 
A receita e os acompanhamentos podem ser diferentes de acordo com cada negócio. No Gregu’s, por exemplo, churrasco grego de Leandro, o diferencial são os molhos, como creme de alho, barbecue e pimenta defumada. “Além, é claro, dos clientes sempre elogiarem a nossa higiene e a qualidade de nossos produtos”, garante o gastrólogo.
 
Segundo Leandro, sua receita foi criada a partir de diversos testes, tanto para a carne quanto para os molhos. “Essas preparações vieram da experiência adquirida no curso de gastronomia, mas nada disso seria concretizado se não fosse pela minha mãe, que toma conta de todo o pré-preparo”.
 
A ‘Gregu’s’ ainda não atende por delivery, mas o trailer fica estacionado em frente ao Hospital Santa Rosa, de segunda a sexta-feira, das 11h às 19h30. Todos os lanches (com ou sem vinagrete e molho) saem por R$8. “A aceitação foi um sucesso logo no início, pois foi uma novidade para a região que não tinha esse tipo de produto”, finaliza.
COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade