STJ REVOGA PRISãO E MAJOR ACUSADO POR GRAMPOS FARá PROVA POR PROMOçãO NA PM
31.10.2017

O Superior tribunal de Justiça (STJ) revogou nesta terça-feira (31) a prisão do major da Policial Militar Michel Ferronato, supostamente envolvido no caso dos grampos em Mato Grosso. O investigado participará de prova física nos próximos dias buscando promoção de carreira.

Leia mais:
Justiça considera soltura de Fabris ilegal, mas Gilmar Mendes mantém liberdade; deputado pode voltar ao CCC


A defesa do militar, patrocinada pelo advogado Carlos Frederick, esclareceu que foram impostas as seguintes medidas cautelares: o comparecimento quinzenal em juízo; afastamento temporário da Polícia Militar; proibição de ter acesso às repartições públicas e manter contato com servidores públicos investigados no caso; recolhimento no período noturno.

Ferronato foi preso em consequência da Operação Esdras. A referida operação foi desencadeada com base no depoimento prestado pelo tenente coronel da Policia Militar José Henrique Costa Soares.
 
A Esdras revelou um verdadeiro esquema criminoso para frear as investigações sobre interceptações ilegais e afastar o desembargador Orlando Perri do caso.
 
Conforme os autos, em depoimentos prestados por Soares “descortinou-se um sórdido e inescrupuloso plano” no intuito de interferir nas investigações policiais e macular a reputação do desembargador Orlando Perri em todos os inquéritos instaurados.

Segundo o processo, Costa Soares foi convocado para atuar como escrivão no inquérito do caso grampos. Logo da convocação, a suposta organização criminosa teria buscado sua cooptação.
 
Seria tarefa do tenente coronel a juntada de informações sobre Perri para provocar a suspeição do magistrado.
 
Michel Ferronato seria porta voz da organização. O major teria sinalizado com uma promoção de patente caso Soares contribuísse para a suspeição de Perri.
 
Na Operação Esdras, foram cumpridas medidas contra Paulo Taques (ex-secretário de Casa Civil), o coronel Airton Benedito de Siqueira Júnior, o ex-secretário de Estado Rogers Eizandro Jarbas, o corornel Evandro Aexandre Ferraz Lesco, o sargento João Ricardo Soler, o major pm Michel Ferronato, Helen Christy Carvalho Dias Lesco (esposa de Lesco), o empresario José Marilson da Silva e o advogado Marciano Xavier das Neves.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade