GASTO COM PRESO é 61 VEZES MAIOR DO QUE DESPESA COM SEGURANçA POR HABITANTE EM MT
31.10.2017

gasto com um preso em Mato Grosso é 61 vezes maior que a despesa com segurança pública por habitante. Enquanto o custo médio mensal de um detento no estado é de R$ 2,8 mil, o governo gasta apenas R$ 549,52 por morador com segurança por ano. Os dados são do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgado na segunda-feira (30) e da Secretaria Estadual de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh-MT).

Em nota, o governo afirma que é o terceiro estado que mais gasta em segurança pública no país. No ano passado, a despesa total do estado com segurança foi de R$ 1,8 bilhão. Já em 2015, o governo gastou R$ 1,5 bilhão.

De acordo com a Sejudh, as maiores despesas no sistema prisional são com alimentação e folha de pagamento dos servidores. Os valores gastos com cada detento varia conforme o local onde ele está lotado.

Quanto maior e mais centralizada a unidade, menor o custo dela para o estado. Por outro lado, quanto menor e em localizações mais afastadas, o gasto por preso é maior.

Fazem parte das despesas do sistema prisional gasto com alimentação, saúde, escola e custos de manutenção, como energia elétrica e água. Atualmente, a população carcerária no estado é formada por 11.254 presos.

Em um ano, são usados aproximadamente R$ 31,5 milhões com o sistema prisional em Mato Grosso.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade