PMS ENVOLVIDOS EM DISPAROS NO SHOW DE GUSTTAVO LIMA RESPONDEM EM LIBERDADE; CORREGEDORIA APURA
01.11.2017

A Corregedoria da Polícia Militar apura a conduta dos dois integrantes da corporação envolvidos nos disparos realizados durante o show do cantor Gusttavo Lima, em Rondonópolis, na madrugada do último sábado (04). O soldado Raimundo Henrique Leal dos Santos, de 22 anos, acabou baleado pelo major Roosevelth Fabiano Escolástico, de 38 anos, após ter disparado para cima no meio da multidão. Os dois estão soltos e, pelo menos por enquanto, respondem em liberdade.

Leia mais:
Major que atirou em PM em show de Gustavo Lima já foi investigado em morte de universitário
 
A assessoria de imprensa da Polícia Militar informou que "ambos irão responder processos civil e militar". Além disto, acrescentou que "não há manifestações por parte da corregedoria até o momento pois esta em fase de apuração".
 
O soldado da Polícia Militar, que foi detido em flagrante após o fato, foi liberado e deve, pelo menos por enquanto, responder em liberdade. A situaçaõ do major da PM também é a mesma. Os autos devem ser remetidos para a 1ª Delegacia de Polícia de Rondonópolis.
 
O caso
 
Conforme narra o boletim de ocorrência, por volta das 3h de sábado, o soldado da Polícia Militar, Raimundo Henrique Leal dos Santos, de 22 anos, estava no Festival Rebouças quando começou uma briga. O PM deu um soco no rosto de um indivíduo e depois disso iniciou-se uma confusão generalizada. Momentos depois o soldado sacou uma pistola e fez disparos para o alto, provocando uma correria entre as pessoas.
 
Na mesma hora, o major Roosevelth, acompanhado da esposa, filha e amigos, deitaram no chão para se proteger. Ele então observou o soldado Raimundo saindo para a área exterior do show e resolveu segui-lo. O policial não sabia que o suspeito também era PM, e o seguiu para dar voz de parada.
 
O major foi atrás do soldado e ainda falou com os seguranças que estavam na porta, mas estes não fizeram nada com receio de serem atingidos por disparos da pistola do suspeito. Ele continuou seguindo o soldado e se identificou como policial militar, dando voz de parada. Neste momento, o suspeito apontou sua arma para cima e efetuou mais dois disparos, continuando a fugir.
 
O soldado então se abrigou entre dois veículos e apontou a arma para o major. Em resposta, Roosevelth disparou duas vezes contra o suspeito, o atingindo na coxa direita. Raimundo caiu ao chão e foi cercado pelos seguranças, que tomaram sua arma. Populares ainda tentaram agredir o soldado, mas foram impedidos pelos seguranças.
 
O suspeito foi socorrido pelos brigadistas presentes no parque e depois encaminhado ao Hospital Regional. O suspeito e a arma ficaram sob os custódia da Polícia Militar. O tiroteio causou pânico nas pessoas que assistiam o show. O cantor Gustavo Lima, assustado também interrompeu a apresentação e saiu do palco. 

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade