GOVERNADOR NEGA "POLêMICA" COM EMANUEL E GARANTE: "CUIABá NãO FICARá SEM HOSPITAL, DESEJO QUE FIQUE PRONTO EM ABRIL"
23.10.2017

O governador do Estado Pedro Taques (PSDB) colocou panos quentes sobre a polêmica levantada pelo prefeito da capital Emanuel Pinheiro (PMDB). A bancada federal de Mato Grosso havia prometido enviar R$ 82 milhões para equipar o novo Pronto-Socorro de Cuiabá, mas decidiu, nesta terça-feira (17), ratear o valor entre a Prefeitura e o Governo do Estado. Segundo Emanuel, a atitude revela “falta de compromisso” com a população cuiabana. Para Taques, não é bem por aí. “Não tem polêmica, vamos chegar e chamar o prefeito para resolver”.

Leia mais:

“Vou chegar a Cuiabá e ligar para o prefeito Emanuel Pinheiro, vamos conversar e resolver isso. Cuiabá não ficará sem hospital, desejo que ele fique pronto em abril do ano que vem. Não sou engenheiro, mas nosso desejo é que ele fique pronto em abril do ano que vem. R$ 50 milhões é o que o Governo do Estado está bancando ali. Vamos resolver a questão. Já temos uma engenharia toda para resolver a questão dos equipamentos e da hotelaria do hospital. Não tem polêmica, vamos chegar e chamar o prefeito para resolver. Estamos juntos por Cuiabá e Mato Grosso”, afirmou o governador Pedro Taques na noite desta sexta-feira (20).

O governador acompanha as atividades da “10ª Caravana da Transformação” em Tangará da Serra (a 242 km de Cuiabá).

A bancada federal de Mato Grosso, sob a coordenação do deputado federal Victório Galli (PSC), acatou o pedido do governador Pedro Taques (PSDB) e decidiu em reunião nesta terça-feira (17) que irá destinar recursos das emendas impositivas para o custeio da saúde pública ainda no ano de 2017. Serão, no total, R$ 50 milhões repassados aos municípios do Estado para atenção básica.

Alegria de um lado, decepção de outro

Taques comemorou. “Agradeço pelo apoio da nossa bancada em nome do cidadão que precisa de atendimento público de saúde. Esse é um assunto que tratamos com toda a prioridade e que só iremos resolver com a ajuda de todos. Tenho certeza que podemos contar com os deputados e senadores para o enfrentamento desse desafio que é melhorar a saúde”.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade