AGENTES SUSPENDEM PARALISAçãO EM MT
25.10.2017

Os agentes penitenciários de Mato Grosso suspenderam a paralisação da categoria após reunião com representantes do governo nesta terça-feira (24). Os servidores cruzaram os braços no sábado (21) para cobrar reajuste salarial. Uma decisão da Justiça declarou o movimento ilegal e determinou a retomada das funções. A decisão fixou multa de R$ 50 mil por descumprimento.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Servidos Penitenciários do Estado de Mato Grosso, João Batista, afirmou que o governo se comprometeu em estudar a possibilidade de apresentar uma proposta ao servidores.

Um novo encontro com o governo foi agendado para a próxima segunda-feira (30). A categoria deve ser reunir em assembleia na quarta-feira (25) e decidir os rumos da paralisação.

Por causa do movimento, as visitas nas unidades prisionais dos estado foram suspensas no domingo (22). Familiares dos presos protestaram contra o movimento.

Paralisação ilegal

De acordo com a decisão do desembagador João Ferreira Filho, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT, o movimento foi considerado ilegal já que, para o magistrado a categoria descumpriu a Lei 7789/1989 que determina o aviso prévio de 72 horas para o início de paralisações envolvendo servidores cujos serviços são considerados ‘essenciais‘.

COMENTÁRIOS

*** **  ***


VÍDEOS

      
BUSCA:
© Copyright 2014 A Notícias - Política de Privacidade